Skip to content

Resenha Crítica | Premonições (2007)

Premonition, de Mennan Yapo

Um pouco cansada das comédias românticas bem-sucedidas, Sandra Bullock acreditou novamente depois de anos que seu talento deve estar também a favor de personagens dramáticas em filmes mais sérios. Porém, exceto por “Crash – No Limite” – onde ela convence interpretando Jean Cabot, esposa rica e submissa de Rick Cabot (Brendan Fraser) -, suas escolhas têm sido bem equivocadas.

É provado novamente sua capacidade em “Confidencial”, produção independente lançada recentemente no país onde nos mostra o convívio entre o escritor Trumam Capote com o presidiário Perry Smith quando o primeiro desenvolvia o futuro sucesso “A Sangue Frio”. Mas em “Premonições”, Bullock é sujeita a um projeto que obtém um resultado ainda pior em comparação com outro desempenho sério e recente no filme “A Casa do Lago”.

O filme não faz cópia do argumento do suspense juvenil “Premonição”, mas parece recapitular uma curiosa metáfora da discreta produção “O Terceiro Olho” (filme estrelado por Ryan Phillipe, Piper Perabo e Sarah Polley), como o uso discreto de um jogo de quebra-cabeça. A história se inicia com enigmas revelados gradativamente, assim como o encaixar de peças para finalizar uma imagem em retalhos do famoso passatempo. Mesmo que prenda a atenção por parte dos momentos eficientes onde ocorre grandes escândalos entre todos os personagens em cena (como no desconfortante momento passado num funeral) o mistério é fácil de ser solucionado.

Linda Hanson (Bullock) vê sua vida perfeita desmoronar quando recebe a notícia de que seu marido Jim Hanson (Julian McMahon) foi vítima de um acidente na estrada. Repousando no fim do dia após a esperada tristeza, desperta em seguida vendo Jim mais vivo do que nunca. Os fatos vão se alternando com o início de cada dia de uma semana, fazendo com que a sanidade da personagem fique em questão, assim como o possível adultério cometido pelo próprio marido.

Tentando entrar nos eixos, Linda fará de tudo para evitar que as terríveis premonições que a perturbam se concretizem verdadeiramente. Mesmo com alguns coadjuvantes conhecidos, como Peter Stormare (como o Dr. Norman Roth) e Nia Long (como a amiga Annie), toda a câmara é focalizada unicamente na protagonista, encarando todo o restante como objetos em cena. Mas mesmo com todo o esforço e responsabilidade de Sandra, sua presença não é poderosa o suficiente para esconder a previsibilidade da trama ou apagar a exaustão do espectador já nos instantes iniciais.

13 Comments

  1. Matheus Pannebecker Matheus Pannebecker

    Olá Alex, comigo tudo está ótimo. E com você?Eu nem posso reclamar, também nunca mais apareci por aqui.Quanto ao seu comentário, concordo com você. Acho a categoria atriz a segunda melhor e a lista do ano que vem promete.Não vi esse Premonições ainda, e como todo mundo anda falando mal, vou passar longe.Hoje verei “Bandidas”, outro que todo mundo fala mal.até mais.

  2. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Comigo tudo está sob controle, com exceção do fato de que o meu aparelho de DVD pifou novamente, rs, rs, rs…”Premonições” é um filme inquestionavelmente fraco e, conhecendo um pouco você, possivelmente você não encontrará nenhum atrativo na produção. Já “Bandidas” até que eu me diverti com a dupla de atrizes e com o roteiro, mas é outro filme que você não deve gostar.Até a próxima, Matheus. Excelente fim de semana.

  3. Wally Wally

    Também não gostei de Premonições Alex, fiquei até triste por ver Sandra Bullock tão perdida no filme. Acho ela ótima atriz mas tem decepcionado com certas escolhas, esse Premonições sendo a pior. Um filme relativamente raso, inspirado mas faltando novidade, frio, distante e que esconde muita pouca surpresa. Fora o visual, nada realmente me agradou. Fui envolvido de certa forma pela produção, mas constantemente decepcionado com os rumos que o roteiro assume. Quero ver Confidencial, que espero ser ótimo.Nota: ** [4,5]

  4. Gustavo H.R. Gustavo H.R.

    Alex, nem cheguei a ver esse filme, por parecer tão genérico que nem valeria a pena, com certeza. E Bullock tem uma trajetória errante entre escolhas inspiradas e outras totalmente inócuas, como parece ser o caso.

  5. Wanderley Teixeira Wanderley Teixeira

    Devo conferir esse Premonições este fim de semana.Mas Bullock nunca foi brilhante, ela é bastante limitada até no desempenho citado por vc dela em Crash, Bullock consegue fazer uma composição bem superficial da personagem.Vou ver se esse Premonições é tão desastroso assim.

  6. Vinícius P. Vinícius P.

    Esse suspense é ruim mesmo, Alex, apesar de não ter achado tão fraco quanto todo mundo. Eu gosto da Bullock, acho que ela vai bem em (algumas) comédias e até mesmo em dramas como “Confidencial”, mas aqui sua atuação realmente não convence. Minha cotação é 2 estrelas.Abraço!

  7. Kamila Kamila

    Alex, “Premonições” é um dos piores filmes do ano. Acho que o filme tem até uma premissa interessante, mas as reviravoltas em excesso acabam prejudicando – e muito – o filme.Acho muito bom que a Sandra Bullock queira mostrar seu talento em filmes que não sejam de comédia romântica, mas não precisa ser em projetos como esse.Boa semana!

  8. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Wally, não vou negar que fiquei um pouco intrigado com alguns momentos de “Premonições”, mas o resultado é bem ruim. Mas pode acreditar: “Confidencial” é muito bom, e Bullock arrasa!

  9. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Gustavo, você está coberto de razão. É uma pena que, quando pensamos que ela só vai acertar, vem filmes como este “Premonições” para acabar com todas as esperanças.

  10. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Wanderley, notei há algum tempo no seu endereço que você não se entusiasmou com a produção. Mas, ao contrário de você, não acho Bullock limitada.

  11. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Li comentários positivos sobre “Premonições” bem convincentes, Vinícius. Mas não pude encontrar atrativos o suficiente para deixar o filme com uma cotação mais elevada.

  12. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Kamila, concordo. O mais frustrante é que todas as reviravoltas são completamente previsíveis. Creio que o único interesse que se pode criar ao acompanhar o filme é como o destino do personagem de Julian McMahon irá ser traçado.Excelente semana.

  13. […] Limite” e “Confidencial“) e mal-sucedidos (”A Casa do Lago” e “Premonições“). Mas quem aprecia a sua doçura e carisma só tem a comemorar o retorno de Bullock à […]

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d blogueiros gostam disto: