Skip to content

Resenha Crítica | Homem-Aranha 3 (2007)

Spider-Man 3, de Sam Raimi

Com o orçamento estimado em 240 milhões de dólares – que o torna a produção mais custosa da história do cinema, somando ainda os valores de marketing – era de se esperar um filme grandioso nesta terceira aventura do jovem Peter Parker. Se as aventuras rodadas em 2002 e 2004 agradaram a maioria, as coisas mudam de figura em “Homem-Aranha 3”, onde nem os fãs mais fervorosos se entrosaram tanto.

Desta vez, a técnica não impressiona e a concepção dos três vilões é inaceitável. Falando em vilões, já até notamos em cena a falta de disposição no cineasta Sam Raimi, que despreza a todo custo o simbionte alienígena Venom, obrigado pelo estúdio a introduzi-lo nesse capítulo. É mais um produto ruim que se une a tantos outros títulos deste novo gênero de Hollywood, inaugurado com força total pela produtora Marvel Comics.

Adaptado dos quadrinhos de Stan Lee e Steve Ditko, as ilustrações de “Homem-Aranha” mostravam aos leitores o surgimento de inúmeras responsabilidades quando um desajeitado rapaz adquire poderes após ser picado por uma aranha exposta à radioatividade, mesmo com habilidades que o tornava uma pessoa mais segura. Em “Homem-Aranha 3”, o herói (interpretado por Tobey Maguire, de “O Segredo de Berlim”) já é idolatrado pelo público e tudo na vida de Peter Parker está em total controle.

Obviamente, novas ameaças só podem ser combatidas com a sua bondade, mas nada é tão fácil. Primeiro temos o bandido foragido Flint Marko, transformado no Homem de Areia (Thomas Haden Church, de “Sideways – Entre Umas e Outras”) o real culpado pela morte do tio Ben. Também vemos a obstinação de Harry Osborn (James Franco, de “Flyboys”) em aniquilar o Homem-Aranha, já sabendo que por trás da máscara está a face de Peter Parker, a pessoa que acredita ter assassinado seu pai. Por último, Eddie Brock (Topher Grace, de “Segunda Chance”) é quem se renderá a face negra como Venom. Já as crises pessoais surgem novamente quando Mary Jane Watson (Kirsten Dunst, de “Maria Antonieta”) desconfia de que seu possível futuro marido está se envolvendo com Gwen Stacy (Bryce Dallas Howard, de “Manderlay”).

É claro que tantas camadas de personagens só ganham interesse na leitura, pois na ação o desastre é monumental. Se a presença de Harry Osborn dá um brilho surpreendente na produção, a qualidade não consegue apagar, por exemplo, como Gwen Stacy é jogada a esmo na premissa, já que nos quadrinhos ela é uma garota totalmente relevante a vida de Parker, eternizada como sua primeira namorada. Há também decisões tolas que Raimi insiste em impor no decorrer dos acontecimentos (ninguém consegue me fazer engolir a sequência constrangedora onde Parker desfila dançando pelas lojas e calçadas de Nova York, usando a roupagem de um autêntico emocore).

Quando o clímax ganha sustento, novamente a plateia é vítima de uma insuportável tortura audiovisual, tentando nos fazer acreditar que todo aquele perigo de confrontos é verdadeiramente emocionante. Sam Raimi e o roteirista Avil Sargent (responsável pelo bom script de “Infidelidade”), ainda se preocupam demais em desenvolver uma personalidade de um herói que já se caracterizou roubando tempo e paciência, deixando novamente a ação quase como pano de fundo. Lamentável é ver que ambos perdem as de si próprios ao fazerem do que podemos apelidar de aberração em celuloide. Poupe-nos de uma nova continuação, por favor.

39 Comments

  1. Johnny Strangelove Johnny Strangelove

    em singelas palavras … O FILME RUIM DA PORRAAAAA …eehehehevc sabe a minha opinão … abraços

  2. Wally - Cine Vita Wally - Cine Vita

    Bem, não posso dizer que não me decepcionei com esse filme, pois considero o segundo filme uma obra-prima (com certeza!) e esperava muito mais do que um muito bom. De qualquer forma, acredito que o filme foi bem feito, me entreteu, continuo adorando o elenco, os visuais, a trilha e para quem se interessar, há algo valioso no enredo e no roteiro, apesar de algumas falhas. A verdade é que para quem não gostou dos filmes anteriores, impossível gostar desse. Mas acredito que há muito filme de nível bem abaixo de HA3 que ainda ganha elogios e eu não posso me submeter à criticar um filme que me cativou e do qual não resisto.**** [8,0]Ciao!

  3. Ramon Scheidemantel Ramon Scheidemantel

    Alex… concordo com quase tudo, menos dois pontos:Eu gostei de Homem-Aranha 1 e 2. Sinceramente mais do 2. O um só valeu pela tecnologia para se fazer os movimentos do personagem.Ah… não conheço outros trabalhos do ator, mas discordo que James Franco, como Harry Osborn dá brilho à película. A mim parece um ator saído de Malhação.Agora… a sua frase:”ninguém me consegue fazer engolir a sequência constrangedora onde Parker desfila dançando pelas lojas e calçadas de Nova York, usando a roupagem de um autêntico Emocore” É perfeita! kkkk!Ps.:Lamento informar, mas a continuação está encaminhada. hehe!

  4. Otavio Almeida Otavio Almeida

    Pois é… eu não gostei do ARANHA 3. Foi uma grande decepção pra mim. Até me esqueci dos detalhes da trama.Abs!

  5. Kamila Kamila

    “Homem-Aranha 3” é um filme somente razoável. Os efeitos são ótimos, mas a história é muito mal trabalhada. E as cenas com o Peter Parker emo têm que ser algumas das mais ridículas do ano.

  6. Bruno Bruno

    Olá Alex! Bacana seu blog, primeira vez que o visito também. Sobre o “Homem-Aranha 3”, eu achei um filme bem bacaninha. Considero ele o pior da franquia, mas ainda assim acho que ele diverte bem, como um bom filme pipoca deve fazer. Abraço!

  7. Vinícius P. Vinícius P.

    Sem dúvida esse terceiro filme foi uma decepção, ainda mais depois da maravilha que foi “Homem-Aranha 2” (um dos 20 melhores filmes de todos os tempos, na minha opinião). Ainda assim acho que fechou bem a série – talvez mereça de continuação para “apagar” a má impressão que esse capítulo deixou.Abraço!

  8. Ronald Perrone Ronald Perrone

    Não achei um desastre como muita gente diz… mas que é bem mais fraquinho que os outros, isso com certeza…

  9. Victor Nassar Victor Nassar

    O filme é bem ruinzinho mesmo!!!Muito sem graça…Esperava ao menos que no final houvesse um puuuta de uma luta dos 3 vilões contra o homem aranha…nem isso…Venom > PalhaçadaHomem Areia > Cenário(areia apenas!)Se era pra ter 3 vilões..ao menos dessem um bom uso…Foram muito mal explorados..Sem falar que a trilha perde e muito para os outros 2 filmes…

  10. Museu do Cinema Museu do Cinema

    Esse é um filme que ainda não conseguir ver, e por razões diversas! Acho que vou esperar passar na Globo!

  11. Anderson Anderson

    O filme é fraquinho mesmo, mas eu devo ser a única pessoa na face da Terra que achou ótimas as cenas do Peter emo – pra mim foi perfeito a forma q eles arrumaram para colocar ele ‘mau’. Ele é um ‘dork’, então ficando mau será um ‘dork’ com roupa preta, que é a definição de emo.E pra que tanto personagem??? O Homem de Areia é muito mal-escrito. Thomas Haden Church merecia coisa melhor. Pelo menos ele ganhou o emmy esse ano pra compensar.

  12. Wanderley Teixeira Wanderley Teixeira

    Acho que uma continuação é inevitável, apesar de tb verificar várias falhas no resultado final de Homem-Aranha 3 continuo curtindo a saga do herói.É latente o péssimo uso que fizeram de personagens interessantes como Gwen Stacy e o próprio Venom.Além das constrangedoras dancinhas de Peter Parker em plena NY.

  13. Gustavo H.R. Gustavo H.R.

    240 milhões de dólares, puxa vida… Isso provavelmente sem levar em conta os gastos com publicidade. É tanto dinheiro para gastar num produto com retorno garantido. Onde está a preocupação com trama, caracterização de personagens, etc – como nos próprios filmes anteriores (o primeiro nem tanto, mas o segundo é mais bem-aprumado)?Aliás, também incluo-me na minoria que não é desesperada pela trilogia. Como passou dublado, pego em DVD.

  14. Renato Fernandes Renato Fernandes

    É incrível ver que mesmo com 240milhões de doláres, Raimi não consegue superar Evil Dead, que foi filmado com um bando de amigos, com efeitos toscos e coisa e tal.

  15. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    É um filme muito, muito ruim mesmo, JP. Nem devo rever para uma nova avaliação, pois creio que o meu conceito não deve mudar.

  16. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Wally, para um Blockbuster de verão milionário e encarado com pouco compromisso, talvez “Homem Aranha 3” cumpra bem o seu papel. Mas soou um filme totalmente pretensioso, nada impressionante e descartável.

  17. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Ramon, não me compreenda mal. James Franco é sim um péssimo ator (por sinal, me lembra muito o ator Bruno Ferrari, que já participou do seriado “Malhação), mas o seu personagem foi bem utilizado na continuação, rendendo alguns pequenos bons (e poucos) momentos. E o meu ódio pelos filmes anteriores do herói igualam o mesmo que tive por este episódio. De todos, “Homem Aranha 2” é o menos ruim.

  18. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Tudo bem, Otavio?Nunca mais deu às caras por aqui…Eu já esperava uma grande decepção em relação ao “Homem-Aranha 3”, mas não esperava que fosse tão gigantesca.

  19. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Kamila, há quem goste destas sequências em questão, mas eu também acho-as ridículas e totalmente inapropriadas. E de todos os filmes pipocas no período de férias, o que menos me impressionou no departamento de técnica foi “Homem Aranha 3”.

  20. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Vinícius, se surgir um quarto capítulo, a reputação que a série tem comigo só vai piorar. Se ao menos existisse uma mudança de diretor… E, com todo o respeito, detesto o segundo episódio. Arrastado e insosso como todos os outros.

  21. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Ronald, odeio tanto a trilogia que os apedrejados “Elektra” e “Mulher-Gato” são imperdíveis perto dos filmes do Aranha…

  22. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Victor, também tive uma tremenda decepção neste quesito dos vilões, um dos raros motivos que me fez assistir ao filme. Mas a verdadeira expectativa que tive foi mesmo com a Gwen Stacy, uma personagem que adoro bastante, cuja atriz que à incorpora é fenomenal.

  23. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Cassiano, definitivamente você não perdeu nada. E faça um favor para você mesmo: não tente encontrar motivos para vê-lo agora, ainda que passe inevitavelmente na TV Aberta num futuro próximo.

  24. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Anderson, os espectadores emos se deliciaram com a inusitada roupagem do personagem. Da minha parte, foi totalmente risível e desastrosa. O excesso de personagens é outro grande problema, mas se foi o estúdio que ordenou, Sam Raimi não tinha muito como interferir.

  25. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Wanderley, é uma pena o mal proveito. E a pena é maior ainda com a inevitável continuação. Espero que ao menos ela demore muito tempo para chegar nas telas de cinema.

  26. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Gustavo, se a fonte é confiável, a soma total dos gastos chega em 350 Milhões de Dólares. O mais engraçado é saber que filmes que devem custar 1/10 de todo este gritante orçamento consegue muitos mais elogios do seu público. O DVD que chegou nas locadoras nesta última semana me parece bem caprichado. Talvez melhore um pouco o resultado do filme com o disco dois repleto de extras.

  27. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Renato, Sam Raimi tem uma carreira muito irregular como cineasta, e considero “Evil Dead” o seu único ápice, ao lado do ainda melhor “O Dom da Premonição” (um dos meus filmes prediletos). Também tenho lá meus elogios ao modesto “Um Plano Simples”, mas aquele desfecho da história é totalmente injusto e um tanto frustrante.

  28. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Bruno, legal ter gostado do meu endereço. Fique a vontade em passar aqui por mais vezes. Mas da metade do planeta Terra também compartilha com você a mesma opinião, Bruno. Mas o filme carece de muitas qualidades para conseguir ao menos me divertir.

  29. Kamila Kamila

    Alex, eu fiquei decepcionada com esse “Homem-Aranha 3” e com o terceiro “Piratas do Caribe”, uma série que degringolou depois do ótimo primeiro filme.

  30. Wiliam Domingos Wiliam Domingos

    Já falei tanto deste caso que vou ser bem breve…Este filme é uma decepção para a imagem do herói dos quadrinhos, aquele de muito tempo….tempos bons!Raimi desta vez errou ainda mais…mas o filme é assistivel!Pelo menos é melhor do que Shrek 3, pq oh filmin decadente, entediante e cansativo!Abraço

  31. Felipe Nobrega Felipe Nobrega

    bem, vou repetir tb allguns coment que já fiz logo de sua estréia – ta na hora de Raimi largar o osso, o aranha precisa de sangue novo e isso tem que ser feito urgente antes que ele entre em agonia total!abraços

  32. Rafael Carvalho Rafael Carvalho

    Concordo com o Perrone, não chega a ser um filme tão ruim assim, mas nem se compara com a inventividade do primeiro e a preciosidade que é o segundo. Personagens demais para desenvolver sem falar no Emo-Aranha que é ridículo.

  33. Roberto Queiroz Roberto Queiroz

    Hollywood não se emenda (a velha mania de gastar dinheiro com trilogias e continuações). O resultado: nem o Aranha escapou do comodismo. Se bem que eu sou a favor do cinema tomar vergonha na cara e começar a produzir coisas boas (como na década de 70). E não venha me dizer que faltam boas histórias, não, porque é mentira. Como é que o Brian de Palma conseguiu fazer Redacted?(http://claque-te.blogspot.com): Notas sobre um Escândalo, de Richard Eyre.

  34. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Já com “Piratas do Caribe – No Fim do Mundo”, o resultado me foi bem diferente, Kamila. Adorei o fim da trilogia, ainda que não tenha atingido todas as expectativas.

  35. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    William, analisando a opinião dos cinéfilos, 2007 definitivamente não está sendo um ano aceitável para “os números três”. “Shrek – O Terceiro” é uma animação que desejo muito assistir. Pegarei em breve no DVD – que já chegou ás locadoras.

  36. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Felipe, com toda a certeza. Raimi está se saindo melhor como produtor de fitas horroríficas que obtêm resultados mais eficientes.

  37. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Rafael, nem devo falar sobre essa fase do personagem, mais ridícula impossível.

  38. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Roberto, também creio que existe milhares de roteiros a serem levados para as telas de cinema. Mas, infelizmente, são essas continuações e trilogias que são os que ganham mais destaque pelo público.

  39. […] serviu também como base para outra adaptação, esta televisiva, em 1987. Bill Pope (”Homem-Aranha 3“) e Rosario Provenza (”Funcionário do Mês”) são, respectivamente, diretor de […]

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d blogueiros gostam disto: