Skip to content

Resenha Crítica | Ligados Pelo Crime (2007)

Estamos acostumados a assistir filmes dramáticos com personagens desorientados com os próprios sentimentos. Com algum acontecimento marcante ou com o relacionamento com outra pessoa a emoção vem à tona e o que vem em seguida é o declínio total ou uma chance para um recomeço dependendo da circunstância. “Ligados Pelo Crime” também conta com essa premissa, mas se diferencia das produções contemporâneos por fazer uso de quatro emoções distintas e essências do ser humano como atração principal, sendo elas felicidade, prazer, tristeza e esperança – todas separadas em quatro atos que se fundem. É usado o mesmo recurso de “Crash – No Limite”, “Babel“, “Encontros Do Destino”, entre outros, onde uma ação pode ter consequências arrebatadoras, fazendo com que outros personagens sejam envolvidos e ganhem importância na história. O filme também usa timidamente a borboleta como símbolo da alma, do renascimento, da transformação. Este, por sinal, é o inseto que o personagem de Whitaker tem um grande fascínio.

O ator que venceu o Oscar por “O Último Rei da Escócia” é o protagonista do capítulo “Happiness”, onde o seu personagem nos informa que tem uma vida harmoniosa, mesmo que seja num cotidiano repetitivo e sem novidades. Depois de ouvir às escondidas o possível campeão de uma corrida de cavalos num torneio que ainda deve acontecer, ele envolve-se com o perigoso mafioso Fingers (papel de Andy Garcia) e é ameaçado. Ele só será poupado caso consiga uma alta quantia, já que apostou todo o dinheiro que tinha no cavalo dado como vencedor, coincidentemente chamado Butterfly. Resta planejar um assalto. Por incrível que pareça cada um dos personagens dos outros segmentos também tem um momento de prazer, tristeza e esperança, só que pelos motivos visivelmente contrários. Caso do gângster incorporado por Brendan Fraser que descobre o prazer no instante que interfere nas suas próprias premonições, da cantora Pop de Sarah Michelle Gellar (em notável desempenho) que mesmo com o enorme sucesso tem uma vida amargurada e do doutor de Kevin Bacon que nutre uma paixão não correspondida por Gina (Julie Delpy).

O drama que recebeu um título nacional nada inspirado e que tem o lançamento confirmado pela Califórnia Filmes em DVD no dia 06 de Maio garante comunicação imediata com o seu espectador por trabalhar profundamente estes quatro sentimentos presentes em todas as fases de nossas vidas. Mas não serão todos que devem se satisfazer com a história. O roteiro de Bob DeRosa, com parceria do próprio Jieho Lee, arquiteta soluções sufocantes e emocionantes, mas através de algumas coincidências que não devem ser bem aceitas por todas, em especial aquele onde Bacon tenta salvar desesperadamente a sua amada Gina e encontra a saída para curá-la do veneno que circula pelo corpo após uma experiência no laboratório onde trabalha. Resta a você encarar essa saída para a conclusão do filme de forma positiva para que o filme lhe toque de forma intensa.

Título Original: The Air I Breathe
Ano de Produção: 2007
Direção: Jieho Lee
Roteiro: Jieho Lee e Bob DeRosa
Elenco: Kevin Bacon, Julie Delpy, Brendan Fraser, Andy Garcia, Sarah Michelle Gellar, Clark Gregg, Emile Hirsch, Forest Whitaker e Kelly Hu.
Cotação: ***

17 Comments

  1. Adoro filmes nesse estilo, com narrativas entrelaçadas, e, desde que vi a propaganda do filme na revista SET, fiquei interessada. No próximo mês, com certeza, vou procurar nas locadoras.

  2. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    • Kamila, também adoro. Foram poucos os filmes deste tipo de narrativa que me decepcionaram. É lamentável, entretanto, que um drama tão bom tenha sido ignorado inexplicavelmente das telas grandes do cinema. Espero que faça sucesso em DVD.

  3. Concordo com a Kamila, e vou procurar em dvd para que possa assistir. Como adorei “Crash” e “Babel”, então deve ser fácil me identificar com a temática.
    Ah, Alex, eu sumi temporariamente por uma semana e alguns dias – reflexo de estágio e viagem à Cuiabá – mas já estou devidamente no meu lugarzinho de origem, e pronto para comentar os posts dos amigos.
    Abraço!

  4. • Weiner, pode ter certeza de que você se identificará de imediato com o filme. O único problema mesmo será as coincidências implantadas no roteiro. Mas espero que este não seja um motivo para afastá-lo do filme. E que ótimo saber que você já está de volta! Um ótimo retorno, abraço!

    Ah, gostaria de me desculpar pelos erros! Fiz a caça e consertei algumas palavras, rs.

  5. Realmente as soluções encontradas no filme não me agardaram mutio, por aaprentarem muito distantes da realidade, sei lá, pode acontecer aquilo tudo, mas em chances minimas, mesmo assim gostei do filme.. sós enti que os persoangens não forma tão bem trabalhados a ponto de “torçemos” para eles.
    eu achei que o papel da Sarah Michelle Gellar é esquecível… sei lá, os qpapéos femininos forma bem esqueciveis, do tipo pelo quais vc não se lembra mais depois de alguns mintuos do término do filme… andy garcia stá bem, mas caricato demais… brendan fraser tbm está bem no papel, o primiero sério que o vejo decente..rs
    abraços

  6. Conheci esse filme até agora pouco comentado por meio do IMDb.com, onde tinha uma nota altíssima, o que era curioso, pois nunca tinha ouvido falar da produção. Não sabia que era dividido assim, parece valer a pena assistir. De qualquer modo, fica anotada a sugestão para quando formos à locadora.

    Cumps.

  7. Hmm… Interessante! Vai direto pra DVD? Quero ver. Só espero que seja bem melhor que BABEL…

    Abs!

  8. Tive a mesma impressão, Alex.
    Gostei particularmente das cenas de Andy Garcia.

    Nota 7.2

    Abraço!!!

  9. Anotado! Não sou lá tão fça de Sarah Michelle Gellar, mas fiquei curioso pelo filme!

    Primeira vez que passo por aqui e to gostando! Vou linkar, tabém tenho um blog de cine, passarei por aqui sempre!

    Valeu!

  10. Eu quero muito ver e seu texto só me empolgou mais. O elenco é um show a parte. Vi o trailer e gostei também. Assim que chegar em DVD eu vou conferir. ;)

    Ciao!

  11. Quero ver esse filme. Gostei do trailer e do elenco refinado!
    Abraço!

  12. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    • Rodrigo, não posso negar que, apesar de tocante, fiquei um pouco incomodado com as coincidências implantadas no roteiro. Mas acredito que, pelo tempo e pelo número de figuras, tivemos um bom aproveitamento em relação dos personagens. E a Sarah Michelle Gellar para mim só era uma atriz bonita e carismática, mas me surpreendi com ela neste filme.
    Abraço!

    • Gustavo, a cotação de “Ligados Pelo Crime” estava bem alta até o seu lançamento em solo americano. Se eu não me engano, o filme estava com uma média de 9.7 com a soma de mais de mil votos. Já a crítica detestou. Mas é um ótimo filme, espero que goste.
    Abraço!

    • Otavio, sei o quanto você não gostou de “Babel”, mas as similaridades deste com “Ligados Pelo Crime” é só mesmo a forma de como os personagens se conectam um aos outros, mas com uma ação bem diferente daquela vista no filme de Iñárritu.
    Abraço!

    • Pedro, que bom que concordamos. Os momentos com Andy Garcia são bem tensos.
    Abraço!

    • Robson, obrigado pela sua visita. Saiba que logo o visitarei no Portal Cine. Espero que a sua curiosidade seja recompensada ao ver o filme.
    Abraço!

    • Wally, e assim que você assistir aguardarei uma crítica. Espero que curta bastante.
    Abraço!

    • Ibertson, o elenco principal e a história são grandes atrativos. É bom já estar ciente de que o trailer não trás todas as cenas de grande impacto do filme.
    Abraço!

  13. cacá cacá

    esse filme é otimo no estilo de crash, showwwwwwwww pra quem gosta de filme com umpouco de drama

  14. • Cacá, que bom ter gostado da produção. Tenho alguns colegas que já o viram mais não apreciaram da mesma forma que a nossa.

  15. Rafael Rafael

    Eu adorei muito o filme, no modo que os elementos se encaixam e como se desenrola a história, principalmente o fator do ditado chinês que nós tanto procuramos na vida que é a Felicidade , decorrida pelos prazeres , tristeza e o amor . Esse filme é uma obra em tanto cercado de estrelas que atuam fenomenalmente, e princípalmente a Sarah Michelle Gellar que eu gosto muito como atriz.

  16. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Rafael, bem vindo ao fã-clube, então, rs. Também apreciei a forma como o filme tratou destes sentimentos tão essenciais no ser humano. Também gosto muito de Sarah Michelle Gellar, apesar da ausência de grandes filmes ao longo da sua carreira – mas este “Ligados Pelo Crime” parece que a direcionou pelo caminho certo.

  17. Historias diferentes que no final tornan-se uma soh…Roteiro incrivel!…elenco muito bom..sarah Michelle Gellar esta impecavel!

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d blogueiros gostam disto: