Trilha-Sonora da Minha Vida


Recordo-me que o Anderson, do Rosebud é o Trenó, já havia desafiado os seus leitores a publicar através de um comentário a própria trilha-sonora, sendo ela dividida em faixas como “música de briga”, “formatura” e “cena da morte”. No entanto, estava sem o meu aparelho de MP3 para participar corretamente da brincadeira. Agora que tudo está em ordem, o caro amigo Wally me cede o privilégio de postar os resultados. Resultados estes para lá de toscos, vendo que com algumas exceções poucas são as canções que se encaixam com os respectivos temas. Gostei dos “créditos iniciais”, “se apaixonando” e do “dirigindo”. Mas o que David Bowie com a sua “Changes” está fazendo nos “créditos finais”? E não pretendo ouvir a melancólica música instrumental de Alejandro Amenábar quando estiver “aproveitando a vida”. Lembrando que a seleção foi sujeita ao modo de ordem aleatória do Windows Media Player – e é este o programa que sugiro ser utilizado pelos quatro blogueiros que desafio a publicar a trilha-sonora de toda a vida:

01: Mayara, Apaixonada por Cinema
02: Demas, Cine Dema(i)s
03: Ramon e Rogerio, Cinema em Casa
04: Victor, Pipoca com Manteiga

Créditos Iniciais: “Valse Brilliante, Op. 34, No. 2 in A Minor” (Frédéric Chopin)
Acordando: “A Return To The Caspian, And To The Iran Of Old” (James Horner)
Primeiro dia de aula: “Falling Slowly” (Glen Hansard e Marketa Irglova)
Se apaixonando: “That’s How You Know” (Amy Adams)
Música da briga: “You’re So Vain” (Carly Simon)
Terminando tudo: “End Title – Little Children Score” (Thomas Newman)
Aproveitando a vida: “End Title – The Others Score” (Alejandro Amenábar)
Formatura: “107 Steps” (Björk)
Caindo aos pedaços: “Breather” (Jeff Danna)
Dirigindo: “Dancing In The Dark” (Bruce Springsteen)
Flashback: “Hail Holy Queen” (Sister Act Soundtrack)
Reatando o namoro: “Unhook the Stars” (Cyndi Lauper)
Casamento: “Can’t Smile Without You” (The Carpenters)
Às vésperas da guerra: “Put a Lid on It” (Squirrel Nut Zipper)
Batalha final: “The Hours” (Philip Glass)
Momento de triunfo: “Up Where We Belong” (Joe Cocker)
Cena da morte: “We’ve Only Just Begun” (The Carpenters)
Créditos finais: “Changes” (David Bowie)

Sobre Alex Gonçalves
Editor do Cine Resenhas desde 2007, Alex Gonçalves é estudante de Jornalismo e viciado em música, fotografia, leitura e escrita. Mais informações na página "Sobre".

9 Comentários em Trilha-Sonora da Minha Vida

  1. A trilha sonora ficou muito boa, especialmente pela presença de alguns excelentes compositores – Philip Glass, Thomas Newman, etc. E “That’s How You Know” para ‘se apaixonando’ foi bacana ;)

  2. Vinícius, tenho uma boa quantidade de trilhas instrumentais salvas no meu computador de compositores que adoro. O problema é que poucas são as melodias que bateram com os temas aqui postados. Mas a canção de “Encantada” caiu como uma luva para a ocasião “se apaixonando”.

  3. • Kamila, mesmo não sendo muito eclético em gêneros musicais, ouço de tudo que tenha a ver com canções e músicas instrumentais de cinema e um bom rock, seja ele pesado ou um simples pop.

    • Wally, thanks. Abraço!

  4. Olá, Alex! Tdo bem?

    Gostei muito de sua trilha sonora, ainda mais tendo Thomas Newman, Bruce Springteen e Dawid Bowie. Muito obrigado pelo desafio. Farei o mais rápido possível!

    Fique bem. Beijos!!!

  5. Mayara, tudo muito bem, obrigado! Fico aguardando pelo retorno ao desafio no seu blog, Mayara. Adoraria ter uma idéia do seu gosto musical, que deve ser tão bom quanto o cinematográfico. Beijos!

Comente

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: