Skip to content

Resenha Crítica | Um Faz de Conta que Acontece (2008)

Um Faz de Conta que Acontece
A Disney financiou um filme que trás uma idéia legal. Ela é sobre um sujeito que conta histórias de ninar para os seus sobrinhos. Só que todos os detalhes acrescentados pelas duas crianças se tornam realidade. Mas aí vem aquela velha questão de que nem toda boa idéia no papel é bem planejada quando encenada para os cinemas. É bem o caso de “Um Faz de Conta que Acontece”, que ainda sai no prejuízo por ter tido o seu lançamento bem próximo a “Coração de Tinta”, uma aventura infinitamente superior que apresenta um argumento um pouco parecido.

O contador de histórias é Adam Sandler, que tem o conhecido cargo de quebra-galho em um luxuoso hotel que foi construído pelo seu próprio pai (participação especial de Jonathan Pryce, que também se apresenta como narrador no início e fim do filme). Acontece que não é ele que gerencia o prédio, pois o seu pai, antes de falecer, teve que assinar um contrato para que o local não afundasse em dívidas. Assim, tudo fica no controle de Barry (Richard Griffiths), cuja famosa filha Violet (Teresa Palmer) tem um relacionamento com o audacioso Kendall (Guy Pearce). As coisas mudam para ele quando sua irmã (Courteney Cox) está com o seu casamento desfeito e deixa aos seus cuidados seus dois filhos Patrick (Jonathan Morgan Heit) e Bobbi (Laura Ann Kesling) quando tenta conseguir um emprego em outra cidade. O restante bate com a boa idéia descrita no primeiro parágrafo.

Elogiado em 2007 pela sua refilmagem de “Hairspray – Em Busca da Fama”, Adam Sharkman, que também é coreógrafo, realiza um trabalho fraco em “Um Faz de Conta que Acontece”. Para esta realização que está voltada tanto para o público infantil quanto para o adulto o que é feito é um trabalho nada encantador ou mesmo engraçado. Adam Sandler, que quando quer consegue ser um bom comediante e um intérprete sério, não ajuda como protagonista. A forma extravagante como lida com caretas, como na sequência onde tem a sua língua picada por uma abelha, é muito sem graça. O que mantem o espectador antenado até os créditos finais são as presenças de Keri Russell, Courteney Cox e sobretudo Guy Pearce, divertido em rara interpretação caricata.

Título Original: Bedtime Stories
Ano de Produção: 2008
Direção: Adam Sharkman
Elenco: Adam Sandler, Keri Russell, Guy Pearce, Teresa Palmer, Richard Griffiths, Jonathan Morgan Heit, Laura Ann Kesling, Russell Brand, Courteney Cox e Jonathan Pryce.
Nota: 4.0

10 Comments

  1. Odeio quando as pessoas me dizem isso, mas aqui serve: eu avisei que era uma merda…

    Abs!

  2. Dudu, existem muitos filmes que muitas pessoas me pediram para passar longe por ser uma merda mas que quando assisti acabai achando o contrário. Mas em relação deste “Um Faz de Conta que Acontece” o senhor tinha razão. Abraços!

  3. Olá Alex!
    Eu até q achei legal esse..rs..
    Pra mim, funcionou como um bom passatempo!
    Nota 6.5! Abraço! Diego!

  4. Ganhei uns convites para assistir a este filme, mas acabou que nem o vi porque o longa tinha saído de cartaz. Pelo seu texto, acho que é melhor salvar o dinheiro do aluguel e esperar pela estreia de “Um Faz de Conta que Acontece” na TV mesmo…

  5. Olá, Alex! Tudo bem?

    Na época que o filme estava no cinema, estava entre este filme e “Madagascar 2”, mas parece que fiz muito bem em escolher o último. rsrs.

    Beijos e tenha um ótimo fim de semana! ;)

  6. Como um dos maiores detestadores de Adam Sandler este é nada mais que o equivalente norte-americano aos filmes do Didi.

  7. Diego, tem lá seus momentos, mas no fim das contas eu não consegui curtir, mesmo sendo puro passatempo. Abraço!

    Kamila, uma pena que você não tenha ganhado ingressos para outro filme (e que de preferência estivesse em cartaz naquela ocasião). É filme para se ver mesmo na tevê, não vale investir sua grana para alugá-lo.

    Mayara, você fez uma excelente escolha, vendo que “Madagascar 2” é uma ótima animação. Beijos, boa semana!

    Cleber, só se for equivalente aos recentes filmes do Renato Aragão, pois “Os Trapalhões” é bom e eu gosto!

  8. rebeca rebeca

    O filme faz de conta que acontece tem um conteúdo muito bom e recomendo para todas as idades.

  9. […] “Como se Fosse a Primeira Vez” e “Esposa de Mentirinha”, em outro faz tolices como “Um Faz de Conta Que Acontece”, “Gente Grande” (com sequência atualmente em filmagens) e este “Cada Um Tem a Gêmea Que […]

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d blogueiros gostam disto: