À Procura da Vingança

a-procura-da-vinganca
“À Procura da Vingança” é um western americano de pouca repercussão no cinema. Embora seja um longa muito bom, acabou sendo vítima de uma limitada distribuição na sua época de lançamento nos Estados Unidos no início de 2007. O pouco reconhecimento do filme continuou pela mesma causa ou mesmo o lançamento direto no mercado de vídeo em outros países. Isto, no entanto, não deve permitir que os fãs de faroeste não vejam “À Procura da Vingança”, o primeiro longa metragem de David Von Ancken, nome mais popular no comando de alguns episódios de seriados como “Californication”, “Heroes”, “OZ”, “Num3ers”, entre outros.

O roteiro também de David Von Ancken e com colaboração de Abby Everett Jaques mistura tantos aspectos clássicos do gênero tão famoso por causa de nomes como John Ford, Sergio Leone e Sam Peckinpah (ainda que o diretor não utilize necessariamente referências para essas semelhanças) quanto mais ousados entre o embate dos personagens vividos por Pierce Brosnan e Liam Neeson. Embora todos os atos apresentem grande brilhantismo, o primeiro se destaca um pouco dos demais por um único motivo: não compreendemos de imediato as motivações dos personagens. O que vemos é a fuga de Gideon (Brosnan) pelas montanhas e rios gelados. Ele tenta se esconder enquanto Carver (Neeson) junto à sua pequena tropa o persegue por razões desconhecidas.

O que é possível deduzir antes que informações apareçam é que Gideon não parece ser o “mocinho” dessa história, vendo as extraordinárias táticas de sobrevivência aplicadas por ele contra os inimigos e o quanto Carver se enlouquece em encontrá-lo para realizar a sua tão almejada vingança. Mas o esclarecimento desse mistério só surge mesmo um pouco antes do último ato, em forma de um flashback surpreendente passado na Guerra Civil. Depois dele, só há a presença de Gideon e Carver num escaldante deserto repleto de aparições curiosas, como o de Madame Louise (Anjelica Huston), uma ambulante vendedora de tônico.

A fotografia de John Toll, consagrado com dois Óscares consecutivos por “Lendas da Paixão” e “Coração Valente” e ainda indicado por “Além da Linha Vermelha”, é a mais bela já vista em todos os western recentes pelo tom que predomina em cada um dos muitos ambientes naturais, talvez se aproveitando das mudanças climáticas da ampla trajetória da história como expressão para exaustão física e psicológica dos dois personagens. Inclusive, muito bom é também os desempenhos de Brosnan e Neeson, imprimindo na tela de forma crível determinação e completo desgaste nesta missão. Mas nada é tão formidável como o seu desfecho. Mesmo sendo questionável para muitos, é onde se concentra toda a honra que os clássicos western sempre preservaram em seus heróis, aqui desenvolvendo o conceito de que nenhum rancor será amenizado com a conclusão de uma vingança, por mais justa e tentadora que ela seja.

Título Original: Seraphim Falls
Ano de Produção: 2006
Direção: David Von Ancken
Elenco: Pierce Brosnan, Liam Neeson, Michael Wincott, Xander Berkeley, Wes Studi, Anjelica Huston e Angie Harmon.
Nota: 7.5

Sobre Alex Gonçalves
Editor do Cine Resenhas desde 2007, Alex Gonçalves é estudante de Jornalismo e viciado em música, fotografia, leitura e escrita. Mais informações na página "Sobre".

13 Comentários em À Procura da Vingança

  1. Só tenho curiosidade de ver esse filme pela elogiada fotagrafia que é mesmo considerada uma das melhores entre as fitas recentes do gênero, mas apenas um aspecto técnico dificilmente me fará realmente conferir uma produção.

  2. Parece um western bem razoável até. O melhor que vi nos últimos tempos foi Os Indomáveis, remake com o Christian Bale e Russel Crowe. Esse foi demais!

    Abraços!

  3. Você gostou deste filme muito mais que eu. Achei “À Procura da Vingança’ um longa de roteiro fraquíssimo e não consigo compreender como Pierce Brosnan e Liam Neeson se envolveram neste projeto.

  4. Gostei desse filme, mas um pouco menos que você. Agora concordamos integralmente quanto a um aspecto do longa, “nada é tão formidável como o seu desfecho”. Eu o vinha achando um filme razoável, mas o final melhora bastante o conjunto da obra, nos deixando satisfeitos após o término. Nota 7,0. Abraço!

  5. Olá, Alex! Tudo bem?

    Eu também gostei do filme muito menos que você. Mas ele ainda assim é um bom filme por ter muitos bons momentos e a ótima fotografia, que ganhou pontos comigo. Minha nota é 7,0.

    Beijos e tenha uma ótima semana! ;)

  6. Vinícius, se eu fosse você assistiria ao filme. Não é só a fotografia que faz valer o filme, muito pelo contrário.

    Ciro, assisti este “À Procura de Vingança” e “Os Indomáveis” no mesmo mês e gostei mais do primeiro. Ele é muito mais do que um filme razoável. Abraços!

    Kamila, discordo de cada palavra do seu comentário, sorry!

    Bruno, que bom que você gostou do desfecho. As poucas pessoas que assistiram ao longa me informaram que ficaram bem decepcionadas diante do final do filme. Abraço!

    Tudo, Mayara! O filme tem mesmo uma ótima fotografia. Fiquei maravilhado com todas aquelas paisagens. Beijos, uma ótima semana para você também.

  7. Gostei do tom, da fotografia, das atuações e da vertigem na direção. Mas critico o roteiro. Inclusive o acho genial no clímax mas patético no exagero da nota final. Mas o filme não deixa de ser bom.

    Nota 7.0

  8. Não sou muito ligado a western desde o filme Desaparecidas com Cate Blanchett e Ewan Rachel Wood, que eu adorei, mas como falaram tanto da fotografia do filme, eu quero conferi-lo pois uma fotografia linda fica muito bem na minha TV,bem melhor que no PC

  9. Wally, me lembro que tinha discutido com você referente ao desfecho da fita. E como daquela vez, continuo achando ele genial.

    Marcelo, eu também não. Uma vez o editor do Cinefilia, site que sou colaborador, me pediu para enviar um top dez dos meus faroestes prediletos para um especial. Cadê que fui capaz? E eu também adoro “Desaparecidas”, um dos filmes mais subestimados da década. E vale a pena assistir “À Procura da Vingança”, seja lá onde for.

  10. Olá Alex!
    Já faz um tempinho q vi esse, mas lembro de ter gostado, Brosnan e Neeson garantem um bom filme, gosto muito de filmes de western, ultimamente tem sido raro os filmes desse gênero, mas até q anda surgindo boas produções. nota 7.0!
    Abs! Diego!

  11. Diego, também faz um tempo que eu o assisti. Tinha preparado o texto para um outro espaço, mas ele acabou não sendo publicado. E eu não sou fã de faroestes, mas adorei o resultado desse “À Procura de Vingança”. Abraços!

Comente

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: