Skip to content

Resenha Crítica | A Pantera Cor de Rosa 2 (2009)

pinkpanther_11
Com o sucesso quase insignificante da fita original que estreou em 2006, imaginava-se ao menos que o comediante Steve Martin, que em tempos mais recentes tem sido bem-sucedido mais em produções melancólicas como “Droga da Sedução” e “Garota de Vitrine” do que na missão de nos fazer rir, iria caprichar em “A Pantera Cor de Rosa 2”. A escalação de elenco é inspirada, mas quem se deu bem foi Kevin Kline, que não se submeteu mais uma vez a incorporar o Inspetor Dreyfus (o papel agora é de John Cleese), escapando dessa sequência que repete a mesma sucessão de piadas nada engraçadas do filme de Shawn Levy, que aqui só se encarrega da produção executiva.

Jacques Clouseau, o Inspetor que antes de Steve Martin era encarnado por Peter Sellers, é convocado nesta nova comédia misteriosa junto a uma equipe de investigadores internacionais (integrada por Andy Garcia, Alfred Molina e Yuki Matsuzaki) para desvendar o desaparecimento de caríssimos monumentos protegidos em museus ao redor do mundo. A Pantera Cor de Rosa, o tesouro da França, também é roubada. Ponton (Jean Reno) e Nicole (Emily Mortimer), respectivamente amigo de trabalho e secretária de Clouseau, também ajudarão a descobrir quem é o responsável pelo roubo e quais são as suas intenções.

Mesmo com a mudança de direção (Shawn Levy estava comprometido com as filmagens de “Uma Noite no Museu 2”), “A Pantera Cor de Rosa 2” se mostra tão insosso quanto o seu antecessor. Isso porque o cineasta Harald Zwart, mais conhecido por “Que Mulher é Essa?” e o fraco “O Agente Teen”, parece querer repetir os êxitos (ou a falta deles) da obra original do que em conferir identidade própria a sua realização. O roteiro, que também leva a assinatura de Steve Martin, arma uma ou outra situação que colabora somente para risos amarelos, como as intervenções da Mrs. Berenger (pequena participação de Lily Tomlin) e na resolução do mistério, mas a impressão que temos na maior parte da aventura é que não são os personagens que pesam a mão sobre a própria cabeça ao presenciar as atrapalhadas de Clouseau, mas sim os atores que os interpretam, refletindo em cena o constrangimento que se submeteram a partir do momento que assinaram o contrato para participarem do filme.

Título Original: A Pantera Cor de Rosa 2
Ano de Produção: 2009
Direção: Harald Zwart
Elenco: Steve Martin, Jean Reno, Emily Mortimer, Andy Garcia, Alfred Molina, Yuki Matsuzaki, Aishwarya Rai, John Cleese, Lily Tomlin e Jeremy Irons.
Nota: 3.0

9 Comments

  1. Já não gostei nem um pouco do primeiro com o Steve Martin, imagina dessa continuação então… Incrível é ver gente de talento como Emily Mortimer aceitando participar de porcarias como essa.

  2. Só tu mesmo, Alex, para conferir este tipo de filme…. Não vi o primeiro e nem gostei e digo o mesmo sobre esta continuação.

  3. Vinícius, eu me desanimei em procurar pelos filmes do Peter Sellers justamente por não gostar de nenhum dos filmes com o Steve Martin (especialistas ainda dizem que os filmes antigos do Inspetor Clouseau estão longes de ser a oitava maravilha do mundo), mas verem em breve mesmo assim. E eu achei a Emily Mortimer uma graça nessa sequência.

    Kamila, vejo mesmo. E eu vi a sequência na esperança de ser melhor do que o filme de 2006, mas não foi isso que aconteceu.

  4. Olá, Alex! Tudo bem?

    O primeiro é bem sem-graça, imagine este. E o Steve Martin é muito sem-graça também. rsrsrs

    Beijos! ;)

  5. NÃO GOSTEI DO PRIMEIRO E NEM DO TRAILER DESTE, ACHEI O HUMOR MUITO MR. BEAN

  6. Mayara, eu ainda não vi aqueles filmes onde muitos julgam ser os mais inspirados de Steve Martin, como “Cliente Morto Não Paga”, “Roxanne”, “Um Espírito Baixou em Mim” e “O Panaca”, mas ele, julgando por todos os filmes recentes que vi com ele recentemente, é mesmo bem sem graça, apesar de eu ADORAR “A Casa Caiu”. Beijos, tudo de bom!

    Gustavo, posso concordar com isso!

    Brenno, COMO ASSIM? Eu sou fã n.º 1 do sr. Rowan Atkinson e do seu personagem mais famoso!

  7. Até q tem umas piadas q achei graça..rs..mas é inferior ao anterior q achei melhor, Steve Martin é esforçado, mas prefiro toda vida o Peter Sellers no personagem definitivo!
    Abs! Diego!

  8. Diego, eu nunca vi um filme sequer com o Peter Sellers. Eu prefiro “A Pantera Cor de Rosa” em animação, ehehehe… Abraços!

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d blogueiros gostam disto: