Perdido Pra Cachorro

Perdido Pra Cachorro
Uma produção onde a história é centrada em personagens endinheirados em que conhecem as coisas boas e simples da vida abandonando as futilidades que o dinheiro compra até que é bem comum hoje em dia. Mas encenar isto usando cachorros como protagonistas trás uma diferença bem gritante. É por isto que o descompromissado “Perdido Pra Cachorro” (é incrível como uma equipe de marketing de qualquer distribuidora que seja sempre pensa em incluir o “pra cachorro” para um filme canino) acaba nos divertindo, mesmo que Raja Gosnell não seja um bom diretor.

Jamie Lee Curtis, que felizmente não se aposentou como diziam algumas especulações, vive a dona da chihuahua Chloe (voz de Drew Barrymore), Viv. A cadela tem um tratamento que muitos humanos não têm: ela usa colares de diamantes, caras roupas caninas, sua alimentação é balanceada, faz exercícios e outras coisas para cães frescos. Dá que Viv precisa viajar e não pode levar a sua chihuahua consigo, deixando ela sob a responsabilidade da sua sobrinha Rachel (Piper Perabo, de “Assunto de Meninas”). Não querendo ficar presa na mansão da sua tia por uma semana, Rachel decide viajar para o México com as suas melhores amigas. E é por lá que Chloe também vai e acaba se perdendo. Durante a jornada de volta à Beverly Hills, ela faz amizade com um pastor alemão abalado por algo que aconteceu em seu passado (voz de Andy Garcia) e é procurada pelo chihuahua Papi (voz de George Lopez), cãozinho do jardineiro de Viv, Sam (Manolo Cardona), que também ajuda na busca pela cadela perdida.

O que diferencia essa realização de Raja Gosnell da mediocridade do seu currículo, que também confere os dois “Scooby-Doo”, é o elenco e produção, uma fusão de mexicanos e americanos. A mencionada diferença que há ao ver a premissa sendo protagonizadas por cães, e não por humanos, também conta como ponto positivo. Mas o recurso de animais falantes não se sustenta a todo momento por certa ausência de encanto na produção, embora ela tenha adquirido muito sucesso em termos comerciais e que Barrymore, Garcia e Lopez estejam impecáveis no trabalho de dublagem. Basta recordar do admirável trabalho de Chris Noonan em “Babe – O Porquinho Atrapalhado” para chegarmos a conclusão de que “Perdido Pra Cachorro” poderia ser muito melhor.

Título Original: Beverly Hills Chihuahua
Ano de Produção: 2008
Direção: Raja Gosnell
Elenco: Piper Perabo, Jamie Lee Curtis, Manolo Cardona e vozes de Drew Barrymore, Andy Garcia, George Lopez, Edward James Olmos e Luis Guzmán.
Nota: 6.0

Sobre Alex Gonçalves
Editor do Cine Resenhas desde 2007, Alex Gonçalves é estudante de Jornalismo e viciado em música, fotografia, leitura e escrita. Mais informações na página "Sobre".

10 Comentários em Perdido Pra Cachorro

  1. Olá Alex! Faz tempo que perdi a vontade de ver a filmes como esse. Mas como toda a unanimidade é burra não acho improvável que um filme que tem um chihuahua como protagonista possa ser divertido… abs.

  2. Alex, depois de ler seu texto, fiquei até com uma pontinha de vontade de conferir este filme. Agora, aviso logo que não espero nada desse longa… :-)

  3. Ibertson, nem Jamie Lee Curtis? Que pecado!

    Wally, você que é enjoadinho. Brincadeira! :D

    Tiago, exatamente!

    Vinícius, vide as animações da Disney…

    Charles, acho que mais burro são aqueles que já consideram o título a pior coisa do mundo sem ao menos tê-lo visto. A unanimidade vem depois. Abraços!

    Kamila, você chorou em “Marley & Eu”, um filme com um cão. Por que não se divertir com “Perdido Pra Cachorro”, um filme também com cães?

    Mandy, pode deixar!

  4. Eu até achei legalzinho…
    Mas achei muito tosco os cachorros com sotaque espanhol
    Esperava mais pelo filme ser da Disney
    Mas fazer o quê? Minha nota tbm é 6.0

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. Os Smurfs 2 | Cine Resenhas

Comente

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: