Skip to content

Resenha Crítica | O Mistério das Duas Irmãs

ataleoftwosisters_02
Antes de qualquer comentário é bom revelar uma curiosidade: “O Mistério das Duas Irmãs” é refilmagem de um horror realizado na Coréia do Sul, chamado “Medo” (lançado em nosso mercado de vídeo pela Europa Filmes em 2006). Mas vamos manter a calma, pois o filme não segue a onda das terríveis refilmagens vindos do Oriente. A refilmagem, conduzida pela dupla de irmãos Charles e Thomas Guard, não se iguala ao filme de Kim Ji-woon, mas as alterações que recebeu fazem muito a diferença, especialmente aos apreciadores do filme original, que provavelmente não se contentariam com uma cópia da cabeça aos pés.

Anna (Emily Browning, de “Desventuras em Série”, fraca nas sequências de horror) retorna à sua casa depois de um longo tempo reclusa em hospital psiquiátrico. A razão de ter passado tanto tempo se tratando está relacionado a morte de sua mãe (papel de Maya Massar). Há três pessoas aguardando pelo seu regresso. A sua irmã Alex (Arielle Kebbel, que ofusca Emily Browning em todas as cenas) e o seu pai Steven (David Strathairn). A terceira pessoa é bem indesejável: Rachel (Elizabeth Banks), a recente namorada de Steven. Dá que as duas irmãs aos poucos vão encontrando evidências escondidas pela casa que acusam a megera, que agora passa a fazer papel de madrasta, como a responsável pela morte da mãe. O jovem Matt (Jesse Moss), que já namorou com Anna, até tenta avisar algo que presenciou durante a morte da mãe das irmãs, mas o seu cadáver encontrado no mar próximo a casa delas fazem com que as suspeitas com Rachel aumentem.

Porém, nada é o que parece e… Bem, é melhor deixar para lá, pois até os mais astutos, que adoram criar possibilidades para a resolução de todo o mistério que vê em um filme do gênero, vão se contorcer depois de serem pegos de surpresa por conta da revelação entregue no último ato do filme. E até quem assistiu “Medo” não vai conseguir se livrar da surpresa preparada, embora uma outra que também é reservada para o fim seja antecipada por estes nos primeiros minutos de filme. Mas algumas sequências bem conduzidas pelos irmãos Guard, com exceção das aparições inconvenientes de um trio de crianças, garantem bons sustos e compensam os fãs da obra anterior. Merecia um maior êxito comercial.

Título Original: The Uninvited
Ano de Produção: 2009
Direção: Charles Guard e Thomas Guard
Elenco: Emily Browning, Arielle Kebbel, David Strathairn, Elizabeth Banks, Jesse Moss, Kevin McNulty e Maya Massar.
Nota: 7.0

16 Comments

  1. Gosto muito do original, A tale of two sisters.
    Muito bonito esteticamente e uma trama muito bem elaborada, além de conter diversos sustos (Me assustei mais com esse do que com “Espíritos”, por exemplo). Um dos melhores filmes de fantasmas orientais recentes.
    Já o remake não assisti ainda, mas espero que seja bom.

  2. Ibertson, “Medo” é um filme que tenho na prateleira (e a edição nacional de luxo!). Para mim é de longe o melhor filme oriental do gênero que já assisti. É um filme perturbador. O vi pela primeira vez sozinho e na escuridão da madrugada. Uma experiência traumatizante, diga-se de passagem. E o remake vale muito a pena!

  3. Esse filme parece interessante. Alex, você pode mandar os pontos críticos pro meu e-mail acentonegativo@gmail.com? Esse do hotmail eu raramente checo e acabo deixando passar batido.
    Abraços!

  4. Brenno, é um suspense muito legal! Espero que seja lançado logo no Brasil, pois já estou com vontade de rever.

    Ciro, pode deixar. Daqui a pouco estou acessando a minha conta e farei a alteração de endereço para te enviar as próximas relações de filmes para o Ponto Crítico. Abraços!

  5. Alex, eu nunca tinha ouvido falar desse filme antes e acho que vou esperar para conferi-lo quando ele estrear na TV por assinatura.

  6. Olá, Alex! Tudo bem?

    Li em algum lugar que a estréia do filme aqui no Brasil foi cancelada, e agora, não tem previsão de data. Eu também irei esperá-lo na TV ou DVD!

    Beijos e tenha uma ótima semana! ;)

  7. Bom saber, as refilmagens em geral são ruins, mas fico feliz em saber que saiu 1 suspense decente, adoro esse tipo de filme!!!

  8. Marcelo Coldfer Marcelo Coldfer

    Também gostei muito do original e irei conferir esse filme que só tem recebido críticas positivas.

  9. Kamila, como assim nunca tinha ouvido falar? Rolavam tantas notícias de bastidores enquanto o filme era realizado…

    Mayara, acredito que o lançamento de “O Mistério das Duas Irmãs” deva acontecer mesmo em DVD, uma pena. Mas vamos esperar até que a distribuidora nos confirme uma data. Ótima semana, beijos!

    Mandy, é verdade. Eu sempre insisto em assistir remakes, pois além de dar espaço para as costumeiras comparações das duas versões às vezes acabam surpreendendo de forma positiva, como ocorre em “O Mistério das Duas Irmãs”.

    Marcelo, se você quiser eu te passo o arquivo para download no Torrent.

  10. Marcelo Coldfer Marcelo Coldfer

    Olá Alex, passa sim. Pode ser por email.
    Grato!

  11. Marcelo, assim que possível eu te passo o torrent e a legenda em português. Falow!

  12. Achei o original excelente q levou nota 9.0!
    Esse remake até q ñ é dos piores, já vi gente detonando, fui ver, e ñ achei ruim ñ, achei bem feitinho o filme..nota 6.0!
    Abs! Diego!

  13. Diego, havia dado a mesma nota que a sua quando assisti ao longa original. Tentarei revê-lo durante os próximos meses. E que bom que você curtiu (ainda que moderadamente) a refilmagem. Abraços!

  14. Monica Vicious Monica Vicious

    Este filme foi uma surpresa maravilhosa para mim. Sou fã de filmes de terror e ando decepcionada com a péssima qualidade do material que é lançado hoje em dia, tanto é que minhas produções preferidas são as da década de 30 a 60. O Mistério das Duas Irmãs me mostrou que existe salvação para o gênero, frente a tantas porcarias. A história é fantástica, inteligente, bem conduzida e prende a atenção. O final é um show a parte. Raro exemplar atual presente na minha lista de filmes preferidos. Recomendo!

  15. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    Monica, assim como você, sou um grande fã do gênero e, analisando o número de bobagens produzidas hoje em dia pelos americanos, este “O Mistério das Duas Irmãs” se sobressai. Aproveitando, não posso deixar de te recomendar a versão original deste filme, lançado por aqui com o título “Medo”.

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d blogueiros gostam disto: