Skip to content

Watchmen – O Filme

Watchmen - O Filme
Autor de Graphic novels, o britânico Alan Moore nunca esteve a favor das adaptações cinematográficas de seus trabalhos. E ele o responsável pelas histórias de filmes como  “Do Inferno”, “A Liga Extraordinária”, “Constantine”, “V de Vingança” e “Watchmen – O Filme”, este último o mais recente lançado. São compreensíveis as suas razões, especialmente pela ganância dos produtores americanos, que aplicam diversas modificações mirabolantes em comparação com o material original para lançar um produto mais digerível ao público. Mas os títulos de sua autoria foram os mais bem-sucedidos em termos de entretenimento. Zack Snyder, responsável por “Madrugada dos Mortos” e “300“, fortalece essa corrente em “Watchmen – O Filme”.

A trama é ambientada na década de 1980, mas longos flashbacks se passam em tempos anteriores, e ela se inicia de forma arrasadora, com Edward Blake (Jeffrey Dean Morgan) sendo assassinado por um estranho. Este acontecimento provavelmente está ligado ao seu passado de herói errante, o Comediante. Mas não é somente este integrante dos Watchmen (Os Vigilantes) que está ligado a uma espécie de conspiração. Dan Dreiberg, o segundo Coruja (Patrick Wilson), Laurie Jupiter, a segunda Spectral (Malin Akerman, do seriado “The Comeback”), Adrian Veidt, o Ozymandias (Matthew Goode) e o intrigante Walter Kovacs, o Rorschach (Jackie Earle Haley, em outro grande desempenho após aquele registrado em “Pecados Íntimos”) também já foram os Watchmen. Mas há também Jon Osterman (Billy Crudup), cientista vítima de seu próprio experimento de física nuclear que herda os poderes de teletransporte, voo, imortalidade, entre outros, transformando-se assim em Dr. Manhattan. Aos poucos vamos conhecendo cada um desses heróis, que voltam a combater os inúmeros inimigos que atuam nos Estados Unidos.

Zack Snyder, que atualmente está finalizando a animação “Guardians of Ga’Hoole” (lançamento agendado para setembro de 2010), novamente se mostra um cineasta cheio de estilo e de completo domínio nas mais avançadas técnicas do cinema. E assim, “Watchmen – O Filme”, que até então é de longe o seu melhor trabalho, acaba se tornando um programa cujo visual é de encher os olhos. Na versão do diretor, que conta com uma duração aproximada de três horas, Snyder completa com mais violência gráfica todos os conflitos, realçando também o passado dessas figuras peculiares. Há excessos, como o insistente uso de slow motion scene que parecem alargar a duração. Todavia, não relevando somente o show estilístico, “Watchmen – O Filme” caminha de forma interessante perante a incessante busca de seus personagens centrais pelo fim do terror provocado pela violência e pela desesperança que tomou toda a humanidade. Desta forma, há mais paralelos com a realidade atual do que aquelas que muitos fanáticos insistem em confirmar que foi propagada pelo superestimado “Batman – O Cavaleiro das Trevas”.

Título Original: Watchmen
Ano de Produção: 2009
Direção: Zack Snyder
Elenco: Billy Crudup, Patrick Wilson, Malin Akerman, Jackie Earle Haley, Matthew Goode, Jeffrey Dean Morgan, Matt Frewer, Stephen McHattie e Carla Gugino.
Nota: 7.0

22 Comments

  1. Bruno Bruno

    Eu gosto bastante de WATCHMEN, mas prefiro a HQ. E não acho TDK superestimado.

  2. Bruno, infelizmente só pude dar algumas folheadas na graphic novels. E eu não gosto de “O Cavaleiro das Trevas”, acho uma produção por vezes bem tolinha.

  3. Bom, não preciso nem falar que não acho “O Cavaleiro das Trevas” superestimado, porque vc já conhece minha opinião. O que queria dizer mesmo é que não considero esse o melhor filme do Snyder, mesmo tendo gostado bastante dele. Os que vc citou, “Madrugada dos Mortos” (excelente remake) e “300” (pra mim, um dos melhores filmes de 2007) são melhores. Ah, e só pra ser chato, acho que vc poderia ter aumentado um pontinho nessa nota de Watchmen, hehehe. Abraço!

  4. Ps: eu não sou esse Bruno aí que postou antes, viu?! :P

  5. Bruno, eu sei o quanto você gosta do chatíssimo “O Cavaleiro das Trevas”, pode ficar tranquilo! :P Eu detestei “Madrugada dos Mortos” (não consigo engolir sequências como aquela do cachorrinho e da mulher grávida) e “300” é um filme que me deixou enjoado quando o revi até a metade. E talvez eu pudesse ter dado um pontinho a mais para “Watchmen – O Filme”, já que existe muita coisa boa no filme, mas vou ser um pouco rigoroso desta vez, rs. E eu sabia que você não era o Bruno do primeiro comentário. Tu não me engana! :P Abraço!

  6. “chatíssimo Cavaleiro das Trevas”? Acho genial bem ao contrário de Watchmen, que dei nota 5, filme sem ritmo, longo demais e que só se salva pelo excelente visual e boas cenas de luta. Mais nada.

  7. Achei a direção deste filme fantástica (e não sou fã de câmera lenta, mas achei que elas foram empregadas aqui com perfeição). O roteiro tem seus problemas, mas esconde tanta significância, beleza e consistência em personagem que a obra se torna automaticamente contundente. E o visual é de tirar o fôlego. O elenco não decepciona.

    Nota 8.5

  8. Ahn, que bom que gostou tanto assim… To contigo e não abro, rs…

    Em breve a gente vai fazer uma podcast sobre quadrinhos na telona, provavelmente Watchmen estará na pauta…

    Abraços…

  9. Yuri, já eu não acho. Claro, “Watchmen – O Filme” está longe de ser um feito incrível, notável, mas é muito mais eficiente do que “Batman – O Cavaleiro das Trevas”, pois em ambos podemos ligar diversos paralelos.

    Wally, já eu sou fã de slow motion quando ele é bem empregado – o que nem sempre acontece com sucesso em “Watchmen – O Filme”. Mas eu também achei o elenco bem competente, especialmente o Jackie Earle Haley e a Carla Gugino.

    O Cara, como comentei lá no site, tentarei ouvir o podcast. Só espero que vocês não se esqueçam de falar sobre “Sin City – A Cidade do Pecado”, filme ao qual considero uma obra-prima! Abraços.

  10. a HQ watchmen é de uma densidade absurda, Snyder não conseguiu 10% daquele clima da HQ, mesmo criando um clima muito bom que é muito diferente do que se espera dos blockbusters

    enfim, watchmen é um bom filme(embora irregular), mas poderia ter sido um dos melhores da história, se caísse nas maõs certas

    esta é a minha resenha sobre o filme que fiz na época do lançamento:
    http://bloganimazonando.blogspot.com/2009/03/cinema-critica-watchmen-de-zack-snyder.html

    minha opnião mudou em algumas coisas com o passar do tempo, como ter odiado o final alterado por exemplo

  11. sinceramente.. eu tenho pena de quem viu este filme antes de ler pelo menos um pouco da melhor HQ de todos os tempos

  12. Jonathan, li a sua resenha sobre “Watchmen – O Filme”. Acho que antes de mais nada, devemos separar o que é lido nos quadrinhos e o que é visto nos cinemas. A comparação entre ambas as mídias é saudável, claro, mas estamos diante de obras realizadas para fins diferentes (não acredito na ideia de que aquele espectador que não tenha lido a graphic novel, como é o meu caso, tenha se perdido diante do que é visto na tela). Mas você tem razão em relação ao resultado final do longa: bom, mas com irregularidades.

  13. Alex, ainda não tive coragem por causa da duração, mas me interessa pelo elenco e pela direção de arte, que parece ótima mesmo.

    Beijos! ;)

  14. Eu ñ gostei muito, achei sem graça e desinteressante a história, assim como os personagens, só se salva o Rorschach, se tive-se um filme solo só pra ele, daí sim, eu seria capaz de curtir e gostar..rs..e detestei akele Dr. Manhattan, o azulão fdp..haha..q compromete cada cena q aparece, menos mal q a produção é impecável, e somando algumas cenas de luta esporádicas, valeu como curiosidade e só, vi no cinema, e ñ pretendo rever mais, uma vez já me foi suficiente. nota 4.0!
    Abs! Diego!

  15. Mayara, filmes com longa duração é mesmo um grande problema, especialmente se você sempre tem dias atarefados, mas eu acredito que serão três horas que valerão a pena serem investidas, pois o filme é bom. Beijos.

    Diego, já eu gostei de todos os personagens, embora eu também não seja grande fã do Dr. Manhattan (não gosto daquele jeitão morto dele, rs). E acredito que eu poderia rever o filme sem grandes problemas. Abraços.

  16. Não acho que “The Dark Knight” alcançou o patamar de produção superestimada, já que passou em branco por todas as premiações importantes. Mas concordo que a tal indicação ao Oscar como melhor filme (muito defendida pelo público) seria totalmente equivocada. É um filme que precisa de muita maturidade para se julgar um dos melhores (ou o melhor) de determinado ano.
    Agora, falando em “Watchmen”, curti um pouco menos do que pensei que curtiria. Vale muito pelo visual fantástico e pelas “avançadas técnicas de cinema” que você mesmo citou.
    Nota: 7
    Ah, qual é o melhor filme do Znyder? Ele só faz coisas meia-boca. E pára de puxar o saco do Brian DePalma! Brincadeira! O cara é bom pra caramba! :-)

  17. Watchmen é mais atual que Cavaleiro das Trevas com certeza, mas como trama ainda acho o longa de Nolan superior.

  18. Weiner, não necessariamente. Se não recebeu indicações para melhor filme (que de fato seria de um equívoco irreversível se acontecesse) acabou recebendo méritos em outros departamentos relevantes. Mas ao menos em “Watchmen – O Filme” temos uma opinião semelhante. O vou ficar puxando saco do Brian De Palma até não poder mais. O cara não é só bom, é fodão!

    Pedro, que bom que acha “Watchmen – O Filme” mais atual. Mas acho aquela trama de “O Cavaleiro das Trevas” uma bagunça quase indigesta. Mas não é um filme ruim, vou admitir.

  19. Até rendeu um filme bom, mas quem leu a HQ com certeza esperava mais.

    Porém, WATCHMEN acerta em cheio no uso de algumas músicas cantadas (inclusive no trailer) e na escalação dos atores que viveram Rorschach e o Comediante.

  20. Shark, como eu nunca li… E de fato, as músicas selecionadas para ajudar a compor o filme foi um grande acervo, mas acho que em relação de escalação de elenco está tudo nos eixos, já que gostei de todos os atores encarnando seus personagens.

  21. […] que estampa o logotipo da empresa comandada por Brad (Jeffrey Dean Morgan, o Comediante de “Watchmen – O Filme“), do qual Leslie é assistente. Mas o seu dever é ainda mais ingrato: ele precisa […]

  22. […] há dúvidas de que Snyder sabe arquitetar um belo espetáculo de ação, como comprovado em “Watchmen – O Filme” e “Sucker Punch – Mundo Surreal”. Em “O Homem de Aço” isto que diferenciava Snyder de […]

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d blogueiros gostam disto: