Pagando Bem, Que Mal Tem?

Pagando Bem, Que Mal Tem?Mesmo não tenho mais o prestígio dos tempos de “Procura-se Amy”, Kevin Smith tem mantido a própria carreira ativa dirigindo outros filmes com renda regular nas bilheterias e indo um pouco além de Silent Bob, atuando em filmes como “Duro de Matar 4.0” e “Pegar e Largar”. “Pagando Bem, Que Mal Tem?” é mais um filme similar entre os mais recentes de Smith, sendo divertido enquanto dura e esquecível quando termina.

A história se resume nos problemas financeiros de Zack (Seth Rogen, o comediante mais superestimando da atualidade) e Miri (Elizabeth Banks, excelente atriz que está longe de apresentar o seu melhor nesta comédia) e a ideia que eles têm de driblar as dívidas, sendo de fazer cinema pornô com os mais precários dos recursos.

Como era de se esperar de tal premissa, a comédia é uma tremenda baixaria, o que fez que o filme não tivesse boa acolhida do público por causa de costumeiras barreiras de censura. O irônico é que a maioria das piadas funcionam mais para o público adolescente do que para a classificação indicativa. Outro fator que incomoda é o pouco rendimento do excelente elenco de apoio. Com personagens que se destacam, digamos, pelas suas “excentricidades”, Smith dá preferência para o romance que aparece entre os melhores amigos protagonistas.

Título Original: Zack and Miri Make a Porno
Ano de Produção: 2008
Direção: Kevin Smith
Elenco: Elizabeth Banks, Seth Rogen, Craig Robinson, Gerry Bednob, Jason Mewes, Jennifer Schwalbach Smith, Tom Savini, Anne Wade, Brandon Routh e Justin Long.
Cotação: 3 Stars

Sobre Alex Gonçalves
Editor do Cine Resenhas desde 2007, Alex Gonçalves é estudante de Jornalismo e viciado em música, fotografia, leitura e escrita. Mais informações na página "Sobre".

7 Comentários em Pagando Bem, Que Mal Tem?

  1. – Mayara, isso mesmo. Veja sem pressa! Beijo.

    – Rafael, Seth Rogen não fez muitos filmes e dos que vi não gostei nem um pouco dele.

  2. Foi como você disse, é um filme esquecível mesmo. E concordo plenamente que Seth Rogen é superestimado, existem pessoas BEM melhores para que ele faça tantos filmes e seja tão ‘cultuado’ pela industria.

  3. – Luis, que bom que concorda com essas observações. Para mim, o Seth Rogen não tem nada de engraçado. Não basta ficar mal arrumado e fazer voz de gordo aloprado para fazer rir.

Comente

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: