Melhores de 2009: Direção de Arte

Quentin Tarantino sempre realizou filmes de pequenos investimentos ao longo de sua carreira. Mas, com exceção de “Kill Bill Vol. I”, eles não tinham como grande destaque a direção de arte e cenários. Os setenta milhões de dólares usados para a produção de “Bastardos Inglórios” talvez tenha auxiliado como nunca o diretor a criar diálogos e tramas brilhantes em meio a lugares deslumbrantes, como o cinema gerenciado por Shosanna, personagem de Mélanie Laurent. Quase toda a equipe é a mesma responsável pela direção de arte de “V de Vingança” e em “Bastardos Inglórios”, mesmo não recebendo indicação ao Oscar na categoria, realizam mais um trabalho excelente.

Vencedor: Bastardos Inglórios” (David Scheunemann, Marco Bittner Rosser, Sebastian T. Krawinkel e Stephan O. Gessler)

Outros indicados:A Troca” | “O Curioso Caso de Benjamin Button” | “O Leitor” | “Watchmen – O Filme

Em 2008:
Um Plano Brilhante
Em 2007: Harry Potter e a Ordem da Fênix

Sobre Alex Gonçalves
Editor do Cine Resenhas desde 2007, Alex Gonçalves é estudante de Jornalismo e viciado em música, fotografia, leitura e escrita. Mais informações na página "Sobre".

7 Comentários em Melhores de 2009: Direção de Arte

  1. Excelente mesmo! Mas acho que muita gente esquece que essa categoria não vale só para cenários, mas para a concepção artística do filme em geral. Portanto, “Avatar” seria imbatível aqui para mim. Não sei se é o seu caso, mas infelizmente muitos não reconhecem isso mesmo. =)

  2. Avatar e O Enigma do Príncipe são dois que eu não deixaria de incluir numa lista de melhor direção de arte do ano passado. Muito bem lembrado Watchmen, poucos são os que reconhecem o ótimo trabalho técnico do longa. O melhor foi mesmo Bastardos Inglórios e, pra mim, isso é indiscutível.

    Abração!

  3. – Wally, eu compreendo que uma direção de arte nada mais é do que o conjunto de cenários, figurinos, maquiagens e tudo o mais que seja capaz de compreender a época que a narrativa se desenvolve. O que fiz nada mais foi do que apontar um aspecto artístico de “Bastardos Inglórios” que me chamou muito a atenção.

    – Kamila, este acabou restando.

    – Gustavo, não há dúvidas de que “Bastardos Inglórios” chama a atenção em outros aspectos, mas entre os indicados aqui este foi o melhor.

    – Luis, já eu não gosto da narração do Samuel L. Jackson, rs.

    – Alexsandro, “O Enigma do Príncipe” nada mais é do que um genérico de tudo o que foi bom em “A Ordem da Fênix”, inclusive sua direção de arte. E “Watchmen” merecia ter maior reconhecimento.

    – Rafael, “Avatar” impressiona, mas o trabalho de direção de arte de “Bastardos Inglórios” me chamou muita mais atenção.

Comente

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: