A Saga Crepúsculo: Eclipse

A Saga Crepúsculo: Eclipse | The Twilight Saga: EclipseOs produtores de “A Saga Crepúsculo” parecem ignorar um pouco a máxima de que em time que está ganhando não se mexe. Isto se aplica nos nomes responsáveis pela direção de cada episódio desta série cinematográfica. Em “Crepúsculo” tivemos Catherine Hardwicke e em “A Saga Crepúsculo: Lua Nova“, Chris Weitz. Agora em “A Saga Crepúsculo: Eclipse”, temos David Slade comandando este romance com vampiros e lobisomens. Um nome incomum, vendo que Slade tem em seu currículo títulos como “Menina Má.Com” e “30 Dias de Noite”, antecipando uma esperada mudança de personalidade perante aquilo que já foi feito com base nos livros de Stephenie Meyer.

Neste sentido, David Slade se mostra mais arrojado que Chris Weitz, mas algo se perdeu desde que Catherine Hardwicke abandonou o barco no fim de sua primeira viagem. Por outro lado, a ação se tornou mais eficaz pelas melhoras técnicas graças a um orçamento maior, ainda que bem enxuto dentro dos padrões de hoje. Ao final desta história, Bella (Kristen Stewart) finalmente parece compreender os seus sentimentos pelo namorado vampiro Edward (Robert Pattinson) e pelo melhor amigo lobisomem Jacob (Taylor Lautner) enquanto ambos unem forças para combater um grupo de vampiros malvados denominados “recém-criados” liderados, sem que todos saibam a princípio, por Victoria (Bryce Dallas Howard, assumindo a personagem incorporada nos filmes anteriores por Rachelle Lefevre, estando tão perdida que dá até pena).

O episódio apresenta alguns detalhes narrativos bem interessantes. O primeiro são os flashbacks que montram as origens de alguns integrantes da família Culler – compreende-se melhor o comportamento de Rosalie Hale (Nikki Reed) aqui. Já a presença dos poderosos Volturi é capaz de provocar arrepios, saindo de cena através de uma atitude chocante. E se os velhos vampiros conhecidos por todos viram cinzas ao morrerem no contato com a luz solar, os sanguessugas de “A Saga Crepúsculo: Eclipse” se assemelham a bonecos de vidro ao terem suas cabeças e braços arrancados no campo de batalha. Pena que estes e outros aspectos interessantes continuam sendo guiados por um relato de amor cheio de afetações.

 

Título Original: The Twilight Saga: Eclipse
Ano de Produção: 2010
Direção: David Slade
Elenco: Kristen Stewart, Robert Pattinson, Taylor Lautner, Bryce Dallas Howard, Anna Kendrick, Michael Welch, Christian Serratos, Jackson Rathbone, Ashley Greene, Paul Jarrett, Iris Quinn, Sarah Clarke, Peter Facinelli, Elizabeth Reaser, Kellan Lutz, Nikki Reed, Justin Chon, Billy Burke, Xavier Samuel, Jodelle Ferland, Ben Geldreich, Daniel Cudmore, Cameron Bright e Dakota Fanning
Cotação: ***

 

Sobre Alex Gonçalves
Editor do Cine Resenhas desde 2007, Alex Gonçalves é estudante de Jornalismo e viciado em música, fotografia, leitura e escrita. Mais informações na página "Sobre".

7 Comentários em A Saga Crepúsculo: Eclipse

  1. Eu não estou na expectativa de ver esse fllme já que achei o terceiro livro chato e nem terminei de lê-lo. Gostei dos dois primeiros livros, principalmente Lua Nova, mas detesto os filmes, são péssimos atores em cena, o que se sai melhor é Taylor Lautner que tem expressão pelo menos. De Crepúsculo para Lua Nova o filme perdeu parte de seu lado dramático para valorizar a ação como você disse e acho que isso aumenta em Eclipse, não é?

  2. Mas o time que está ganhando aqui é a fonte (livros) e os atores. Nesse tipo de filme, diretor é só um operário. Além do fato de que os filmes são feitos a toque de caixa. Se apenas um diretor fosse responsável por todos eles, não teria vida.

    Enfim, a mesma merda de sempre. Mas tem Dakota aterrorizando :D

  3. – Fael, a ação é potencializada em “Eclipse”, mas há outros bons momentos. E estranho o seu comentário a respeito do livro, pois todos me falaram que o terceiro é o melhor da saga.

    – Brenno, quanto rancor. =P

    – Luis, que bom que concordamos!

    – Bruno, e mesmo assim insiste em assisti-los, né? De qualquer maneira, discordo um pouco de seu comentário. Ao contrário de outras sagas, séries, etc, o mesmo diretor sempre é mantido quando o público responde de maneira positiva ao seu trabalho. Este é o caso de “Harry Potter”.

  4. não gostei de nenhum filme da saga… achei os 3 igualmente chatos, mas devo confessar que os Volturi de fato marcaram presença fortemente; liderados por Dakota Fanninga. Acredito que Amanhecer será mais interessante por tê-la novamente na fita.
    A única coisa que achei bem desenvolvida na saga é a trilha e a fotografia.

  5. Cabra da peste, eu gosto da saga, mesmo compreendendo todas as suas inconsistências. E eu gostei muito da presença dos Volturi. De longe, foi o melhor aspecto do segundo filme, “Lua Nova”.

2 Trackbacks & Pingbacks

  1. Tweets that mention A Saga Crepúsculo: Eclipse | Cine Resenhas -- Topsy.com
  2. Ponto Crítico – Jul/10 « Cine Resenhas

Comente

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: