Skip to content

Resenha Crítica | O Fim da Escuridão (2010)

O Fim da Escuridão | Edge of DarknessPara o que registraria o grande retorno de Mel Gibson como ator (excetuando suas breves aparições em “Crimes de Um Detetive” e “Paparazzi”, o último filme protagonizado por ele foi “Sinais”, de M. Night Shyamalan), “O Fim da Escuridão” acabou representando uma grande decepção. Não foram muitos que se interessaram por esta sua investida como intérprete, que somando sua bilheteria mundial cobre um pouco o custo de produção de sessenta milhões de dólares. Ainda assim, considerando os títulos fracos que compõem o gênero atualmente, “O Fim da Escuridão” em poucos momentos é ruim.

Mel Gibson vive o detetive Thomas. Ao rever sua filha Emma (papel de Bojana Novakovic, jovem atriz que fez a neta da pavorosa senhora Ganush em “Arraste-me Para o Inferno” e que vale a pena ficar de olho), Thomas decide levá-la para a sua residência em uma noite chuvosa. Após uns minutos, Emma é brutalmente baleada. Não resistindo, Thomas inicia no dia seguinte investigações por conta própria, pois imagina que é ele quem deveria ter sido vítima neste ato que julga como vingança. No entanto, o aparecimento do estranho Darius Jedburgh (Ray Winstone, em um papel anteriormente oferecido para Robert De Niro) o leva para a empresa onde Emma estagiava administrada por Jack Bennett (Danny Huston) e que talvez produza armas nucleares.

O filme com suas duas horas de duração faz com que o espectador acompanhe com interesse crescente os rumos tomados por Thomas, cada vez mais perigosos. Como bom thriller de ação, não faltam cenas que causam grande impacto, a exemplo de uma que envolve um atropelamento que pegarão todos de surpresa. Satisfatório e na média, “O Fim da Escuridão”, que foi baseado em um premiado seriado britânico de 1985,  só peca pelo excesso de carga dramática, pois a todo o instante nos martela com flashbacks chorosos entre Thomas e Emma. Está claro que estamos diante de uma história de um pai que faz justiça com as próprias mãos com a morte de sua filha. Só não precisava quebrar tanto o ritmo do mistério.

Título Original: Edge of Darkness
Ano de Produção: 2010
Direção: Martin Campbell
Elenco: Mel Gibson, Ray Winstone, Danny Huston, Bojana Novakovic, Shawn Roberts, David Aaron Baker, Jay O. Sanders, Denis O’Hare, Damian Young e Caterina Scorsone
Cotação: 3 Stars

5 Comments

  1. Não gostei desse filme. Os furos no roteiro me incomodaram DEMAIS!!!

  2. Achei um bom filme do gênero. Nada mais que isso, mas ao menos o clímax foge do convencional (ainda que aquela última cena seja péssima). 3 estrelas também.

  3. – Kamila, não acho que houve tantos furos assim. O problema mesmo é o melodrama que predomina a ação.

    – Wally, é mesmo uma péssima cena!

  4. […] nisto não apenas os fracassos de bilheteria de fitas recentes estreladas por Mel Gibson como “O Fim da Escuridão” e “Um Novo Despertar”, mas também o lançamento direto em vídeo de “Plano de Fuga”, do […]

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d blogueiros gostam disto: