Skip to content

Resenha Crítica | O Desinformante! (2009)

O Desinformante! | The Informant!Ver a assinatura de Steven Soderbergh em um filme considerado bom é tão ou mais difícil do que completar um cubo mágico. Se por um lado ele merece algum crédito como produtor executivo de títulos fundamentais na década passada como “Longe do Paraíso”, “Conduta de Risco”, “Roman Polanski: Wanted and Desired” e “Playground”, este último um documentário que retrata casos de pedofilia, Soderbergh é quase uma tragédia como cineasta, sobressaindo-se apenas em “Erin Brockovich – Uma Mulher de Talento”. E agora com “O Desinformante!”.

O fato de sua comédia, com recriação de época impecável e com clássicos acordes em trilha composta por Marvin Hamlisch, ser uma exceção é porque aqui ele está contido no desenvolvimento da história, livre de caravana de astros de “Onze Homens e um Segredo”, “Doze Homens e Outro Segredo” e – ufa! – “Treze Homens e um Novo Segredo” e sem toda aquela presunção afetada de “Solaris” e “Confissões de uma Garota de Programa“. Defendido por um irreconhecível e excelente Matt Damon, Mark Whitacre, um personagem real, se converte de executivo de uma multinacional a um agente infiltrado. Submetido para levantar evidências na companhia ADM de uma possível formação de cartel, todos notam um inconstante Whitacre na medida que transfere informações ao FBI. Com um peculiar senso de humor, surgem as dúvidas se estamos diante de um típico cidadão americano honesto ou um delator que visa em seu benefício próprio.

Título Original: The Informant!
Ano de Produção: 2009
Direção: Steven Soderbergh
Elenco: Matt Damon, Melanie Lynskey, Lucas McHugh Carroll, Eddie Jemison, Rusty Schwimmer, Tom Papa, Rick Overton, Thomas F. Wilson, Scott Bakula, Scott Adsit, Howie Johnson, Andrew Daly e Clancy Brown

5 Comments

  1. É um exercício de estilo sóbrio, mas o que faz o filme é a história e a forma como é contada – condizente com a própria personalidade do personagem fantástico. Damon está excelente.

  2. Quero muito ver o filme, e já faz tempo que quero isso. Vou atrás já! :D

  3. – Wally, ainda acho que faltou um pouco mais de pulso no filme. Mas não dá para exigir coisa melhor do Steven Soderbergh.

    – Fael, talvez você goste.

  4. […] roteirista é o responsável pelos únicos bons filmes de Soderbergh nos últimos cinco anos: “O Desinformante!” e “Contágio”. As histórias de Scott Z. Burns são bem estruturadas e inteligentes, capazes […]

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d blogueiros gostam disto: