Ponto Crítico – Jan/10

Ponto Crítico (Jan-10)

Finalmente chegamos à edição do Ponto Crítico referente ao mês de janeiro do ano de 2010 – embora nós já estejamos em novembro. Mas aos poucos vamos chegando lá.

Comentando a respeito dos lançamentos, o circuito de cinema costuma abrir um espaço maior de títulos para exibir, pois trata-se de um mês onde se curte as férias escolares. Talvez por isto os maiores destaques do mês sejam filmes que contam com uma grande garantia de público. “Sherlock Holmes“, por exemplo, foi o filme avaliado por todos os blogueiros participantes. “Amor Sem Escalas” também é um exemplo bem popular. Entretanto, quem levou a melhor, por uma diferença poucas vezes tão minúscula, foi “Onde Vivem os Monstros”, com 78%. É importante também destacar o lançamento de “Lula – O Filho do Brasil”. Além de um fracasso de bilheteria e tendo amargado duras críticas da imprensa especializada, o projeto de Fábio Barreto que nos representará na próxima edição do Oscar também não recebeu boa acolhida dos blogueiros cinéfilos, com uma média de apenas 48%. Clique na imagem para melhor visualização de todos os resultados.

Até a próxima edição!

Sobre Alex Gonçalves
Editor do Cine Resenhas desde 2007, Alex Gonçalves é estudante de Jornalismo e viciado em música, fotografia, leitura e escrita. Mais informações na página "Sobre".

7 Comentários em Ponto Crítico – Jan/10

  1. Oi Alex,

    Qual foi o crítério de desempate para Onde Vivem os Monstros estar à frente de Amor sem Escalas, se ambos obtiveram a mesma média final? Será que foi o (surpreendente) 3,5 do Pedro Henrique que jogou o Up in the Air para a segundona?

    Adorei ver o divertido Zumbilândia levar a medalha de bronze!

  2. Pra mim foram os dois melhores mesmo. Onde Vivem Os Monstros deve ser o filme mais injustiçado da história e, mesmo superestimado, Amor Sem Escalas é mais um bom filme do Reitman. Só não acho que “Lula” tenha sido um filme tão ruim assim. Acho que os blogueiros se deixaram levar por outras coisas.


  3. * Erika. Faço o processo da seguinte maneira: coleto as notas dos blogueiros (um filme sempre entra na tabela ao receber no mínimo três notas), somo as avaliações e divido de acordo com a quantidade de pessoas que assistiram ao filme. Daí tenho a média e o que aconteceu para acontecer esse desempate é que em “números quebrados” o longa “Onde Vivem Os Monstros” ganhou com uma pequena vantagem de “Amor Sem Escalas”: o primeiro ficou com a média de 78,85 enquanto o segundo, 78,64. Mas pode ser culpa do Pedro também, viu? =P

    * Kamila. Achei que você viu uma boa quantidade. Foram muitas estreias.

    * Wally. Tenho certeza de que ele foi enviado para você, assim como nas outras edições.

    * Pedro. Fique a vontade! Mas não se esqueça de fazer um vídeo no YouTube. Tudo para dar audiência para o Cine Resenhas é válido, rs.

    * Alexsandro. Eu não me deixei levar por “outras coisas” ao assistir o filme do Lula. Procuro ser totalmente imparcial neste aspecto – diria que até fiquei com pena do nosso querido Presidente, que ganhou uma cinebiografia sofrível!

  4. “Sherlock Holmes” encabeçaria a minha lista. E poxa, eu gostei de “Onde Vivem os Monstros” e indo contra as críticas, não gostei de “Amor sem Escalas”, esperava mais da historia, não que não seja um bom filme, mas não superou minhas expectativas.

    Abraço

Comente

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: