Atividade Paranormal 2

Se “Atividade Paranormal” é notório por sua bem-sucedida campanha de marketing, cujo boca a boca no Twitter transformou a pequena realização em um estrondoso sucesso de bilheteria no ápice da fama do microblog, a sua sequência, que conta com o prestigiado Akiva Goldsman como produtor executivo, foi totalmente contra a maré. O material de divulgação foi extremamente escasso e antes de seu lançamento mal aconteceu uma sessão para a imprensa especializada. No fim das contas, quanto menos se souber da nova trama melhor será.
O que se conclui com os vídeos curtos publicados antes do lançamento nos cinemas de “Atividade Paranormal 2” é que a presença de uma entidade parece perturbar uma nova família. No longa original, tínhamos o casal Micah (Micah Sloat) e Katie (Katie Featherston). Agora, temos o casal Daniel (Brian Boland) e Kristi (Sprague Grayden), além da filha de Daniel em outro relacionamento, Ali (Molly Ephraim). É claro que não podemos nos esquecer de Hunter (papel alternado entre os gêmeos Jackson Xenia Prieto e William Juan Prieto). Acreditando que a residência onde moram foi invadida, Daniel decide instalar câmeras de vigilância em vários cômodos a fim de manter a segurança da família. Como se pode antecipar, tudo é orquestrado por uma presença maligna, muito ligado ao passado de Kristi.
A Paramount Pictures oficializou de imediato a produção de “Atividade Paranormal 2” assim que “Atividade Paranormal” superou as expectativas do estúdio. Ambições financeiras à parte, esta sequência rodada ao custo de três milhões de dólares mostra a que veio, apresentando informações extras aos fenômenos materializados na produção interior. A ligação direta de “Atividade Paranormal 2” com o trabalho de Oren Peli (que aqui colaborou apenas na produção e no argumento) é o seu maior trunfo. Mesmo perdendo um pouco do impacto diante dos minutos finais angustiantes de “Atividade Paranormal”, este terceiro filme de Tod Williams tem momentos de horror de fazer muitos pularem da poltrona. O registro de Kristi só no meio da tarde lendo revista na cozinha representa o susto do ano. Só irá curtir aquele que aprecia esta linha de horror que ganhou popularidade a partir de “A Bruxa de Blair”.
Título Original: Paranormal Activity 2
Ano de Produção: 2009
Direção: Tod Williams
Roteiro: Christopher B. Landon, Michael R. Perry e Tom Pabst
Elenco: Sprague Grayden, Brian Boland, Molly Ephraim, Jackson Xenia Prieto, William Juan Prieto, Vivis Cortez, Harper Zelinsky, Seth Ginsberg, David Bierend, Katie Featherston e Micah Sloat
Cotação:

Atividade Paranormal 2 | Paranormal Activity 2Se “Atividade Paranormal” é notório por sua bem-sucedida campanha de marketing, cujo boca a boca no Twitter transformou a pequena realização em um estrondoso sucesso de bilheteria no ápice da fama do microblog, a sua sequência, que conta com o prestigiado Akiva Goldsman como produtor executivo, foi totalmente contra a maré. O material de divulgação foi escasso e antes de seu lançamento mal aconteceu uma sessão para a imprensa especializada. No fim das contas, quanto menos se souber da nova trama melhor será.

O que se conclui com os vídeos curtos publicados antes do lançamento nos cinemas de “Atividade Paranormal 2” é que a presença de uma entidade parece perturbar uma nova família. No longa original, tínhamos o casal Micah (Micah Sloat) e Katie (Katie Featherston). Agora, temos o casal Daniel (Brian Boland) e Kristi (Sprague Grayden), além da filha de Daniel fruto de outro relacionamento, Ali (Molly Ephraim). É claro que não podemos nos esquecer de Hunter (papel alternado entre os gêmeos Jackson Xenia Prieto e William Juan Prieto). Acreditando que a residência onde moram foi invadida, Daniel decide instalar câmeras de vigilância em vários cômodos a fim de manter a segurança da família. Como se pode antecipar, tudo é orquestrado por uma presença maligna, muito ligado ao passado de Kristi.

A Paramount Pictures oficializou de imediato a produção de “Atividade Paranormal 2” assim que “Atividade Paranormal” superou as expectativas do estúdio. Ambições financeiras à parte, esta sequência rodada ao custo de três milhões de dólares mostra a que veio, apresentando informações extras aos fenômenos materializados na produção interior. A ligação direta de “Atividade Paranormal 2” com o trabalho de Oren Peli (que aqui colaborou apenas na produção e no argumento) é o seu maior trunfo. Mesmo perdendo um pouco do impacto diante dos minutos finais angustiantes de “Atividade Paranormal“, este terceiro filme de Tod Williams tem momentos de horror de fazer muitos pularem da poltrona. O registro de Kristi sozinha no meio de uma tarde lendo revista na cozinha resulta no susto do ano. Só irá curtir aquele que aprecia esta linha de horror que ganhou popularidade a partir de “A Bruxa de Blair”.

Título Original: Paranormal Activity 2
Ano de Produção: 2010
Direção: Tod Williams
Roteiro: Christopher B. Landon, Michael R. Perry e Tom Pabst
Elenco: Sprague Grayden, Brian Boland, Molly Ephraim, Jackson Xenia Prieto, William Juan Prieto, Vivis Cortez, Harper Zelinsky, Seth Ginsberg, David Bierend, Katie Featherston e Micah Sloat
Cotação: 3 Stars

Sobre Alex Gonçalves
Editor do Cine Resenhas desde 2007, Alex Gonçalves é estudante de Jornalismo e viciado em música, fotografia, leitura e escrita. Mais informações na página "Sobre".

9 Comentários em Atividade Paranormal 2

  1. Gosto muito do primeiro e estou curioso para conferir este aí. Só tenho medo dessa franquia se transformar na próxima “Jogos Mortais”, que se prolongou excessivamente por causa do custo baixo de sua produção.

  2. Realmente detestei toda aquela presunção do primeiro longa, chegando ao ponto de rir naquela consulta ao vídeo de exorcismo. Não suportava aqueles momentos em que a câmera ficava estática, à espera de uma entidade paranormal, achei tudo pedante, descartável, enfim, chato. Não cheguei a dar zero de dó dos produtores esforçadinhos que usaram a casa própria para fingir ser o local assombrado.
    Portanto, nem sequer cogito ver esse, mas sempre respeitando a opinião de quem gosta. É o jeito, né? xD
    Abraços, Alex!

  3. Até essa fórmula já está desgastada. Não vou negar que o primeiro filme elevou a tensão até o limite, mas será mesmo que empolga mais um capítulo ?

  4. * Kamila. Como você detestou o filme original, então é melhor passar batido mesmo.

    * Wally. Eu também tenho esse temor. Em nenhum momento considerei essa sequência desnecessária, mas não me empolguei com a notícia de que haverá um terceiro filme. “Atividade Paranormal 2” fecha o ciclo perfeitamente e não tenho ideia do que eles prepararão no terceiro capítulo.

    * Weiner. Compreendo a sua opinião, embora eu tenha apresentado uma reação totalmente diferente diante da sua. Gosto de filmes como “Atividade Paranormal”, que para mim cumprem seus objetivos de maneira modesta e criativa. Ao contrário que muitos dizem, é cinema sim senhor!

    *Pedro. Diria que é tão bom quanto o primeiro.

    * Marcelo. Não acho que a fórmula já se encontre desgastada. Anda rendendo muitas pérolas, como “[REC]² – Possuídos” e “O Último Exorcismo”. Já sobre “Atividade Paranormal 2”, bom, é por sua conta em risco. Eu recomendo sem receios.

  5. Realmente, antes de ver o primeiro filme da franquia, ao perguntar aos amigos se eles gostaram a opinião era sempre dividida, uns amavam e outros odiavam, o que pra mim, confesso, foi encarado como algo positivo, sempre me senti desempolgado quando o filme agrada a todos, não gosto disso, de verdade. Só acho que houve muitas falhas no roteiro e muito disso deve ao fato de eles “encaixarem” os dois filmes, no cinema mesmo eu reparei em algumas falhas. Enfim, como você mesmo citou, o filme irá agradar a quem gosta desse tipo de suspense, de meio saber que algo vai acontecer ali e esperar pelo medo, nem tanto pelo susto, mas meu caro, aquela cena da cozinha, pelo amor de Deus, aquilo foi um atentado de homicídio para os espectadores do cinema HAHAHAHA eu gostei dos dois filmes e como ele termina com legendas semelhantes ao do primeiro, não estranharia se houvesse uma seqüência.


  6. * Fabrício. Exatamente. Gosto de filmes como “Atividade Paranormal” porque mantém todo esse clima de que algo com certeza acontecerá, aumentando gradativamente a nossa expectativa. Já a respeito de falhas em relação do roteiro para mim não foram comprometedoras, enquanto ao trailer também notei alguns trechos que ficaram de fora da edição final do filme. Mas isto acontece a todo o momento. Ah, e já está em estudo “Atividade Paranormal 3”. Só não tenho ideia do que eles aprontarão desta vez.

2 Trackbacks & Pingbacks

  1. Tweets that mention Atividade Paranormal 2 | Cine Resenhas -- Topsy.com
  2. Atividade Paranormal 3 « Cine Resenhas

Comente

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: