Melhores de 2010: Maquiagem

Embora muitos tenham se decepcionado com o filme “O Lobisomem“ (especialmente os produtores, que em solo americano não foram capazes de obter na bilheteria metade do valor investido na produção), uma coisa é indiscutível: o trabalho de maquiagem concebido pela dupla Dave Elsey e Rick Baker é irretocável. O protagonista Benicio Del Toro ficou nada menos que três horas para lhe aplicarem a horripilante maquiagem de lobisomem, somando ainda mais uma hora para removê-la totalmente. O esforço valeu a pena, pois quase 100% da criatura que vemos na tela é fruto de um trabalho que praticamente descarta o uso de efeitos especiais. O reconhecimento veio com a vitória no Oscar 2011 na categoria. Em tempo: o mesmo Rick Baker já vencera o prêmio em 1982 pelo filme “Um Lobisomem Americano em Londres”.

Vencedor:O Lobisomem“ (Dave Elsey e Rick Baker)

Outros indicados:A Epidemia“ | “A Estrada“ | “Alice no País das Maravilhas“ | “Zumbilândia

Em 2009: “O Curioso Caso de Benjamin Button
Em 2008: “As Crônicas de Nárnia – Príncipe Caspian”
Em 2007:  “Apocalypto

Sobre Alex Gonçalves
Editor do Cine Resenhas desde 2007, Alex Gonçalves é estudante de Jornalismo e viciado em música, fotografia, leitura e escrita. Mais informações na página "Sobre".

8 Comentários em Melhores de 2010: Maquiagem

  1. Revi ontem o filme. E, embora aprecie o trabalho de maquiagem, acharia mais interessante premiar um uso mais moderado, menos notável e, os mesmo tempo, igualmente fundamental ao filme, como o de ILHA DO MEDO. Como não foi indicado, então talvez a A ESTRADA, que realiza ótimo trabalho no segmento.

Comente

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: