Resenha Crítica | As Coisas Impossíveis do Amor (2009)

Graças à enorme popularidade de Natalie Portman com sua nomeação ao Oscar 2011 de melhor atriz por “Cisne Negro” (no qual saiu vitoriosa) o drama “As Coisas Impossíveis do Amor” foi lançado finalmente após dois anos concluído. Não que tenha funcionado muito, pois o novo filme de Don Roos ganhou lançamento limitado nos Estados Unidos e chegou recentemente em nosso país direto em DVD. O descaso não é justificável, ainda mais por se tratar de uma produção que foge do trivial ao retratar a perda prematura de um recém-nascido.

Essa experiência na qual nenhuma mãe seria capaz de superar é vivida por Emilia Greenleaf, a jovem personagem interpretada por Natalie Portman. Emilia é o pivô do divórcio de seu chefe Jack (Scott Cohen) com a médica Carolyne (Lisa Kudrow, com quase quarenta e oito anos e exibindo sem receios as marcas da idade). Jack assume o relacionamento com Emilia quando ela se revela grávida dele. Apenas três dias após dar à luz, Emilia a menina que batizou como Isabel. Essas informações surgem no primeiro ato de “As Coisas Impossíveis do Amor”, dedicando-se posteriormente a focar o relacionamento complicado de Emilia com seu enteado William (Charlie Tahan), a reaproximação com seu pai adúltero Sheldon (Michael Cristofer) e especialmente o processo de amenizar suas dores internas e seguir em frente.

Quem acompanha atentamente a carreira de Don Roos conhece sua estupenda originalidade como roteirista. Seu primeiro script para cinema foi o de “Mulher Solteira Procura”, obra-prima do cineasta Barbet Schroeder protagonizada por Bridget Fonda e Jennifer Jason Leigh. Porém, sua genialidade se vê em suas comédias cheias de humor negro e cortante – “O Oposto do Sexo” é o seu debut por trás das câmeras. Embora não apresente o mesmo frescor ao lidar com o drama “As Coisas Impossíveis do Amor”, baseado em um livro de Ayelet Waldman, sua marca é reconhecida em conflitos que não recorrem a artifícios baratos para comover.

Título Original: The Other Woman
Ano de Produção: 2009
Direção: Don Roos
Roteiro: Don Roos, baseado no romance de Ayelet Waldman
Elenco: Natalie Portman, Scott Cohen, Lisa Kudrow, Charlie Tahan, Lauren Ambrose, Anthony Rapp, Daisy Tahan, Elizabeth Marvel, Michael Cristofer e Debra Monk
Cotação: 3 Stars

Sobre Alex Gonçalves
Editor do Cine Resenhas desde 2007, Alex Gonçalves é estudante de Jornalismo e viciado em música, fotografia, leitura e escrita. Mais informações na página "Sobre".

2 Comentários em Resenha Crítica | As Coisas Impossíveis do Amor (2009)

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. Retrospectiva 2011 « Cine Resenhas
Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: