Face Oculta

São raros os casos de personagens que adotam uma segunda identidade sem que esta seja desvendada pelas pessoas ao seu redor. Pois o pacato John (Cillian Murphy) é uma rara exceção à regra. Trata-se do personagem central de “Face Oculta”, primeiro longa-metragem do cineasta Michael Lander. John segue sua rotina religiosamente. Ao acordar, veste-se de mulher e adota o nome de Emma Skillpa. Prepara o café da manhã, estende as roupas no varal e a seguir transforma-se em John, que por sua vez é um homem transtornado e pouco sociável que trabalha em um banco.

Ninguém sabe dessa tal “face oculta” de John até que um trem descarrilha em seu quintal, com vizinhos e a imprensa deduzindo que John vive secretamente com uma mulher. As coisas fogem ainda mais do controle com a entrada de Fanny Crill (Susan Sarandon) e Maggie (Ellen Page) na história. Fanny é a esposa infeliz do prefeito que se torna uma amiga confidente de Emma. Já Maggie é uma jovem que procura por John para ajudá-lo financeiramente, pois está grávida.

Em determinado momento da narrativa, o espectador cria uma dúvida que o motivará a acompanhar “Face Oculta” até seu desfecho: com Emma Skillpa se tornando uma figura conhecida na pequena comunidade de Peacock, John finalmente usará esta identidade feminina de forma permanente ou revelará seu distúrbio? Acrescentando ao histórico deste personagem um relacionamento muito mal resolvido com a própria mãe no passado, Michael Lander até tenta emular um pouco da atmosfera de “Psicose”, um dos grandes clássicos de Alfred Hitchcock. Infelizmente, há duas falhas que comprometem seriamente sua ambição. A primeira é conduzir tudo em banho-maria, o que denota sua inexperiência como cineasta e autor. A outra, ainda mais pesada, é a composição de Cillian Murphy. Inegavelmente um bom intérprete que já passou por desafio similar em “Café da Manhã em Plutão”, Cillian não tem traços físicos e um tom de voz que nos façam acreditar que toda comunidade de Peacock realmente está convencida de estar diante de uma mulher.

Título Original: Peacock
Ano de Produção: 2010
Direção: Michael Lande
Roteiro: Michael Lander e Ryan O Roy
Elenco: Cillian Murphy, Ellen Page, Susan Sarandon, Josh Lucas, Bill Pullman, Graham Beckel, Keith Carradine, Eden Bodnar, Chris Carlson, Flynn Milligan, Virginia Newcomb e Jaimi Paige
Cotação: 2 Stars

Sobre Alex Gonçalves
Editor do Cine Resenhas desde 2007, Alex Gonçalves é estudante de Jornalismo e viciado em música, fotografia, leitura e escrita. Mais informações na página "Sobre".

Be the first to comment

Comente

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: