Skip to content

Resenha Crítica | O Corvo (2012)

A morte do americano Edgar Allan Poe foi cercada pelo mesmo mistério presente em suas obras literárias. Antes de partir, Poe foi visto vagando pelas ruas de Baltimore, soltando palavras que formavam sentenças sem qualquer sentido. Como não foi desvendada a causa de sua morte (muitos acreditam que o seu vício por bebidas alcoólicas o levou à ruína), os roteiristas Ben Livingston e Hannah Shakespeare se encontraram livres para encenar uma versão ficcional dos últimos dias de Edgar Allan Poe.

Além de servir como título, “O Corvo” é o poema mais famoso do escritor, tendo recebido versões traduzidas para o português pelos célebres Fernando Pessoa e Machado de Assis. No filme, Edgar Allan Poe (John Cusack) atravessa uma fase decadente, mal tendo dinheiro para pagar o aluguel – obviamente, ele gasta os poucos trocados que recebe pelo seu trabalho em bares. Ainda assim, Emily Hamilton (Alice Eve), filha do rico capitão Hamilton (Brendan Gleeson) parece visualizar apenas as qualidades dele, insistindo na possibilidade de um dia se casarem.

Uma vez apresentadas as particularidades de Poe, “O Corvo” se converte em um suspense investigativo quando um assassino em série executa os seus crimes com base em suas histórias, célebres pela maneira com que descreve a morte de seus personagens. O detetive Fields (Luke Evans) se mostra incansável na busca pela identidade do assassino, mas não descartará a presença de Edgar Allan Poe para auxiliá-lo nas investigações.

Com o apoio dos irmãos Wachowski (realizadores da trilogia “Matrix”), o australiano James McTeigue debutou esplendidamente como cineasta ao comandar “V de Vingança”, complexa adaptação da graphic novel homônima de Alan Moore. Infelizmente, não esteve perto de se superar em seus filmes seguintes e “O Corvo” está incluso neste pequeno grupo. Mesmo com a ambiência gótica, “O Corvo” parece incapaz de processar toda a genialidade por trás de Edgar Allan Poe, reduzindo-o a uma versão nada irônica do Sherlock Holmes de Robert Downey Jr.

Título Original: The Raven
Ano de Produção: 2012
Direção: James McTeigue
Roteiro: Ben Livingston e Hannah Shakespeare
Elenco: John Cusack, Luke Evans, Alice Eve, Brendan Gleeson, Kevin McNally, Oliver Jackson-Cohen, Jimmy Yuill, Sam Hazeldine, Pam Ferris, Brendan Coyle, Adrian Rawlins, Aidan Feore e Dave Legeno

4 Comments

  1. Perdi a chance de conferir este filme e, pra ser bem sincera, não tinha muita curiosidade até ler o seu texto. “O Corvo” parece ter uma história bem legal e uma execução que parece ser boa.

  2. Infelizmente, essa “homenagem” não conseguiu fazer jus à criatividade de sua inspiração. A sensação que você descreve em suas últimas orações me lembra aquela que me acompanhou ao final da sessão. Esquecível.

    • Sou leigo quando o assunto é Edgar Allan Poe (o máximo que conferi envolvendo o seu nome foram duas adaptações de “O Coração Delator” e “Dois Olhos Satânicos”, dueto entre Dario Argento e George Romero. De qualquer forma, tenho certeza de que Poe não foi a figura que se desenha neste filme.

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d blogueiros gostam disto: