Skip to content

Resenha Crítica | A Tentação (2011)

A Tentação | The LedgeA religião, independente de qual seja, representava um valor familiar. Os ambientes familiares e escolares não eram suficientes para educar um jovem indivíduo. Era preciso definir com minúcia o que é certo e o que é errado no plano material e isto fazia sentido com a devoção a um deus, figura cuja existência é determinada apenas pela fé. No entanto, tudo se modificou e já não há pressões impostas pelos nossos responsáveis em seguir rigorosamente com uma crença. Tornamo-nos suficientemente independentes para determinar como suprir qualquer vazio espiritual.

A consequência dessa mudança de comportamento é vista em debates entre pessoas que tratam como única verdade a religião que segue ou não, seja você um católico, protestante, espírita ou ateu. Tataraneto de Charles Darwin, Matthew Chapman arma uma verdadeira teia de intrigas em “A Tentação”, que traz personagens com credos que destoam uns dos outros.

Mesmo que tenha assinado o roteiro de suspenses como “Jogo de Adultos” e “O Júri”, “A Tentação” é o primeiro filme de Matthew Chapman como diretor em 23 anos (sua última obra foi “No Coração da Noite”, com Jennifer Jason Leigh). Retorna propondo um debate polêmico que acontece entre o protagonista Gavin Nichols (Charlie Hunnam) e Joe Harris (Patrick Wilson). Gavin é um ateu que mora com o melhor amigo homossexual (Christopher Gorham) e supervisiona camareiras em um hotel. Oferece uma vaga para sua vizinha chamada Shana (Liv Tyler), que, por sua vez, é casada com Joe, um cristão fundamentalista que convida Gavin para um jantar como forma de agradecê-lo pela oportunidade oferecida à esposa. Tem-se aí a primeira interação de dois homens incapazes de abrirem mão de suas convicções para um convívio pacífico e que mergulharão em uma sucessão de erros e riscos para defenderem o que acreditam.

Bem construídos, Gavin e Joe protagonizam embates verbais densos nos quais o público visualizará as duas faces de uma mesma moeda. Naturalmente, cada espectador terá maior inclinação pelo personagem com o credo que lhe corresponde, mas a imparcialidade com que Matthew Chapman constrói o caráter desses personagens rende um registro ainda mais interessante de se acompanhar. Inconvincente apenas a tragédia iminente usada para costurar toda a trama. Afeito a thrillers, Matthew Chapman leva Gavin a um parapeito de um edifício e gera um mistério que aos poucos é elucidado, mas aquém do nervoso debate central.

Título Original: The Ledge
Ano de Produção: 2011
Direção: Matthew Chapman
Roteiro: Matthew Chapman
Elenco: Charlie Hunnam, Liv Tyler, Terrence Howard, Patrick Wilson, Christopher Gorham, Monica Acosta, Jaqueline Fleming e Mike Pniewski

One Comment

  1. A Liv Tyler andava sumida, né?? Não conhecia esse filme. Achei a trama interessante, na forma como foi descrita por você. Além disso, o longa tem um ator que eu adoro: Patrick Wilson, que eu acho que, um dia, ainda será reconhecido da forma que merece.

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d blogueiros gostam disto: