Skip to content

Resenha Crítica | Luto em Luta (2012)

Luto em LutaSair às ruas de São Paulo não é apenas uma necessidade diária de milhares de trabalhares, mas um risco que pode custar a vida. Passa-se o tempo e a metrópole é tomada por um número tão exorbitante de veículos que a convivência entre pedestres e condutores se tornou insuportável. A briga por espaço é marcada por infrações de trânsito, poluição, congestionamento e, o pior, acidentes que causam perdas irreversíveis. Este último tópico é destrinchado no documentário “Luto em Luta”, assinado por Pedro Serrano.

O próprio diretor tem um drama particular destacado em seu filme. Responsável pelo Movimento Viva Vitão, Pedro Serrano perdeu o amigo de longa data Vitor Gurman em um acidente provocado por um motorista embriagado. “Luto em Luta” abre espaço para outros episódios trágicos que tiveram as ruas de São Paulo como palco. Há destaque para depoimentos dos  amigos de Juliana Dias, uma ciclista de 33 anos que perdeu a vida ao ser atropelada por um ônibus na Avenida Paulista.

Outro relato que causa indignação é o do jovem Rafael Baltresca. Tendo perdido o pai há aproximadamente oito anos, Rafael ficou inconsolável ao receber uma ligação de um policial que iria lhe trazer uma amarga notícia: a morte de sua mãe e irmã, dada também por um atropelamento. Assim como Pedro, Rafael encontrou meios para criar um movimento, chamando-o de Não Foi Acidente. Através de petição online, que depende de 1,3 milhão de assinaturas, Rafael deseja com ela exigir punições menos brandas contra condutores que, alcoolizados ou incapazes de respeitar as leis de trânsito, provocam acidentes fatais.

Partindo da frase “Não espere perder um amigo para mudar sua atitude no trânsito”, “Luto em Luta” pretende nos conscientizar sobre o dever que temos de dirigir de modo responsável. Durante este processo, não há como ignorar um pequeno deslize da realização. Mesmo que tenha a preocupação de avaliar a perda humana, o documentário, com sua curta duração, explora demais as estatísticas de trânsito apontadas por especialistas ao invés de se dedicar mais em registros feitos nas ruas paulistanas, a maioria realizada com muita competência por Horário Augusto Figueira, Engenheiro de trânsito e Vice-presidente da Associação Brasileira de Pedestres. Desconsiderando este problema, inevitável à análise fílmica, “Luto em Luta” ainda sim é de extrema valia para um cenário que precisa sofrer uma reviravolta imediata, evitando assim a perda de mais vidas em acidentes tão simples de serem evitados.

Nota: a Like Filmes disponibiliza no Youtube a versão na íntegra de “Luto em Luta”. Para assistir, clique aqui.

Título Original: Luto em Luta
Ano de Produção: 2012
Direção: Pedro Serrano
Roteiro: Pedro Serrano
Depoimentos de: Ricardo Young, Gilberto Dimenstein, Heródoto Barbeiro, José Gregori, Floriano Pesaro, Horário Augusto Figueira e Rafael Baltresca

Be First to Comment

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d blogueiros gostam disto: