Skip to content

Resenha Crítica | Indomável Sonhadora (2012)

Indomável Sonhadora | Beasts of the Southern WildO rastro de destruição e morte deixado em Louisiana pelo furacão Katrina continua sendo um episódio importante de alguns dramas adaptados de histórias ficcionais. Ao levar para o cinema a peça “Juicy and Delicious”, o jovem diretor e roteirista Benh Zeitlin não faz uma reconstrução do desastre e sim a celebração do senso de união entre os sobreviventes. Em “Indomável Sonhadora”, são as comunidades pesqueiras na região de Terrebonne que servem de inspiração para a história assinada também por Lucy Alibar, autora da versão teatral.

Como se espera, a narrativa se dá pela perspectiva de uma criança. Trata-se de Hushpuppy (a estreante Quvenzhané Wallis, a mais jovem intérprete a ser indicada ao Oscar de melhor atriz principal), uma garotinha de cinco anos que vive em um ambiente precário com o seu pai Wink (Dwight Henry), um homem instável e com problemas cardíacos.

Não demora a percebemos que Hushpuppy é alguém especial. Além de sentir a presença de uma mãe ausente (e que, segundo Wink, tinha estranhas habilidades como ferver a água em recipientes), tem o hábito de ouvir os batimentos cardíacos dos seres vivos ao seu redor e a convicção de que será um nome lembrado pelos cientistas que um dia estudarem Bathtub, a comunidade isolada do mundo em que vive.

Mesmo que Hushpuppy seja, assim como sua pequena intérprete, uma força na natureza, “Indomável Sonhadora” é conduzido de um modo que não corresponde ao perfil da personagem, mas ao ambiente em que ela transita. A câmera se equipara a protagonista, mas usá-la na mão causa um efeito agressivo, quase indigesto.

Apenas no terceiro ato de “Indomável Sonhadora” é que visualizamos uma estética adequada para tornar críveis as emoções até então não compreendidas por Hushpuppy. Mais sereno, o filme oferece uma bela resolução que inclui elementos como família, realismo fantástico, amadurecimento e perseverança. Benh Zeitlin assumiu durante a divulgação de seu filme que só avaliou o material produzido quando concluiu as filmagens. Tivesse reservado atenção durante o processo, “Indomável Sonhadora” seria mais equilibrado.

Título Original: Beasts of the Southern Wild
Ano de Produção: 2012
Direção: Benh Zeitlin
Roteiro: Benh Zeitlin e Lucy Alibar, baseado na peça “Juicy and Delicious”, de Lucy Alibar
Elenco: Quvenzhané Wallis, Dwight Henry, Levy Easterly, Lowell Landes, Pamela Harper, Gina Montana, Amber Henry, Jonshel Alexander, Nicholas Clark, Joseph Brown, Henry D. Coleman, Kaliana Brower, Philip Lawrence, Hannah Holby, Jimmy Lee Moore e Jovan Hathaway

One Comment

  1. Esse é o único dos nove filmes indicado ao Oscar 2013 que eu não assisti. Estou bem curiosa em relação ao trabalho de Benh Zeitlin, mas muito me intriga a recepção morna recebida por esse filme aqui no Brasil.

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d blogueiros gostam disto: