Melhores de 2012: Ator Coadjuvante

François Damiens in "La délicatesse"François Damiens, por “A Delicadeza do Amor

Todos sabem que o cinema francês é singular na hora de contar uma história de amor. Por mais singela que ela seja, a satisfação é incomparável. Além do excelente “A Delicadeza do Amor” ter uma narrativa surpreendente, há também um modelo de pretendente inesperado para a protagonista. Lembrado pelo divertido papel de comparsa de Romain Duris em “Como Arrasar um Coração”, François Damiens deixa qualquer traço de histrionismo de lado para viver o interesse romântico da bela Audrey Tautou em “A Delicadeza do Amor”. Feio, atrapalhado e dono de um coração de ouro, seu Markus é uma presença crível, capaz de fazer todo o público feminino reavaliar o seu conceito de tudo aquilo que idealiza como o homem perfeito.

Outros indicados:  Ezra Miller (“As Vantagens de Ser Invisível”) | Irrfan Khan (“As Aventuras de Pi”) | Nick Nolte (“Guerreiro”) | Shahab Hosseini  (“A Separação”)

Em 2011: John Hawkes, por “Inverno da Alma
Em 2010:
Pierce Brosnan, por “O Escritor Fantasma
Em 2009: Eddie Marsan, por “Simplesmente Feliz
Em 2008: Javier Bardem, por “Onde os Fracos Não Têm Vez”
Em 2007:
 Jackie Earle Haley, por “Pecados Íntimos”

Sobre Alex Gonçalves
Editor do Cine Resenhas desde 2007, Alex Gonçalves é estudante de Jornalismo e viciado em música, fotografia, leitura e escrita. Mais informações na página "Sobre".

2 Comentários em Melhores de 2012: Ator Coadjuvante

  1. ADOREI a sua escolha de vencedor. Assisti aos seus cinco indicados e são todas
    excelentes performances. Porém, para não me eximir de dar meu voto, minha escolha
    pessoal de vencedor seria Nick Nolte. Para mim, ‘Guerreiro’ foi o melhor filme do
    ano passado.

Comente

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: