Skip to content

Resenha Crítica | Anna Karenina (2012)

Anna Karenina

Após duas inclusões no cinema americano com histórias contemporâneas acolhidas com certa frieza pelo público e crítica – “O Solista” e “Hanna” -, o cineasta britânico Joe Wright decidiu voltar aos romances de época, segmento que o consagrou através de “Orgulho & Preconceito” e “Desejo e Reparação”. No entanto, não se trata de se refugiar em uma zona de conforto, pois a sua missão de levar uma nova versão de “Anna Karenina” aos cinemas talvez represente o trabalho mais desafiador de toda a sua carreira.

Contando com uma equipe de nomes familiares (a exemplo de Keira Knightley como protagonista e Seamus McGarvey como diretor de fotografia), Joe Wright oferece uma nova luz para o romance homônimo do russo Leo Tolstoy, o mesmo de “Guerra e Paz”. Saí uma reconstituição de época convencional e entra cenários que são, essencialmente, extensos palcos teatrais.

Aristocrata que vive em São Petersburgo com o marido Alexei Karenin (Jude Law), Anna Karenina (Keira Knightley) viaja para Moscou para visitar o irmão Stepan (Matthew Macfadyen), que traiu sua esposa Daria (Kelly Macdonald) com a governanta, proibindo-o assim de rever a ela e aos seus filhos. Conhecida por ser compreensiva e afável, Anna tentará reverter a situação do irmão tentando convencer Daria a perdoá-lo. O destino a fará conhecer o Conde Alexei Vronsky (Aaron Taylor-Johnson), jovem que a corteja na primeira oportunidade e pelo qual se apaixonará instantaneamente.

Até determinado ponto, este “Anna Karenina” deslumbra pelo trabalho técnico irrepreensível, criando uma experiência visual ousada e raramente vista. Porém, com o texto de Tolstoy já levado tantas vezes para diversas mídias, o romance não encontra diferencial com qualquer outra história moldada por adultérios e paixões não correspondidas apropriadamente. Grande parcela deste resultado desapontador também vem das interpretações de Keira Knightley e Aaron Taylor-Johnson, que em raros momentos oferecem o nível emocional que seus clássicos papéis exigem. Que Joe Wright consiga repetir tal experimentação com resultados mais superiores em uma próxima tentativa.

Anna Karenina, 2012 | Dirigido por Joe Wright | Roteiro de Tom Stoppard, baseado no romance homônimo de Leo Tolstoy | Elenco: Keira Knightley, Aaron Taylor-Johnson, Jude Law, Matthew Macfadyen, Domhnall Gleeson, Alicia Vikander, Kelly MacDonald, Ruth Wilson, Olivia Williams, Emily Watson, Eric MacLennan, Theo Morrissey, Tannishtha Chatterjee, Cecily Morrissey, Fleya Galpin, Octavia Morrissey, Beatrice Morrissey, Luke Newberry e Shirley Henderson | Distribuidora: Universal

2 Comments

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d blogueiros gostam disto: