Skip to content

Resenha Crítica | Instinto Materno (2013)

Instinto Materno | Pozitia copilului

37ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo

No cinema é comum a figura materna ser exaltada em uma trama que a coloque diante de inúmeros dilemas para proteger a sua cria. A dureza é maior quando um filho se envolve em algo que possa comprometê-lo, como um acidente ou um crime.  Cada vez mais evidente no mundo, o cinema romeno oferece uma perspectiva realista desse modelo de história com “Instinto Materno”, que será lançado comercialmente no Brasil no ano que vem pela distribuidora Imovision.

Cornelia Keneres (Luminita Gheorghiu, que esteve em “4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias” e “Casamento Silencioso”, dois expoentes do cinema romeno contemporâneo) é uma senhora com aproximadamente 60 anos que ainda não aceitou a distância entre ela e seu filho Barbu (Bogdan Dumitrache), já amadurecido e casado. O seu fervor em exercer o papel de mãe quase obsessiva é despertado quando Barbu é apontado como o responsável pelo atropelamento de uma criança.

De comportamento intragável, Barbu se revela desde o início culpado pela tragédia. Afinal, conduzia seu veículo em alta velocidade e não está interessado em nada além de sair impune da acusação emitida pela família da vítima. Embora rejeitada por Barbu, Cornelia não mede esforços para auxiliá-lo, o que inclui recorrer a métodos ilegais para livrá-lo da prisão.

Aos 38 anos, Calin Peter Netzer chega ao seu terceiro longa-metragem como diretor apresentando dificuldades em conduzir um projeto de baixo orçamento. Embora confira urgência à narrativa, a sua câmera na mão provoca um efeito de desleixo, a exemplo de uma cena noturna de interação ambientada em um carro em movimento onde pouca coisa se vê. Felizmente, o filme conta com o trabalho bárbaro de Luminita Gheorghiu, representando uma mãe que se encontrará em uma encruzilhada capaz de não fazê-la se sujeitar a todos os sacrifícios para assegurar a integridade de seu filho.

Pozitia copilulu, 2013 | Dirigido por Calin Peter Netzer | Roteiro de Calin Peter Netzer e Razvan Radulescu | Elenco: Luminita Gheorghiu, Bogdan Dumitrache, Natasa Raab, Ilinca Goia, Florin Zamfirescu, Vlad Ivanov, Mimi Branescu, Cerasela Iosifescu, Adrian Titieni, Tania Popa e Isfan Alexandru | Distribuidora: Imovision | Perspectiva Internacional

One Comment

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d blogueiros gostam disto: