Skip to content

Tatuagem

Tatuagem

37ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo

Desde 1997 trabalhando como roteirista de filmes como “Baile Perfumado”, “A Festa da Menina Morta” e “Febre do Rato”, Hilton Lacerda finalmente se lança na direção solo de um longa-metragem que evidencia a força que o cinema pernambucano vem mostrando em um circuito disputado. Algo a se comemorar, pois “Tatuagem” é bom e faz por merecer os prêmios que vem acumulando desde que iniciou sua carreira em festivais de cinema brasileiro deste ano.

Embora seja ambientado em 1978, ano em que a Ditadura Militar ainda resistia, não é intenção de “Tatuagem” encenar torturas ou conflitos armados. O que se vê é uma recriação das memórias da juventude de Hilton Lacerda, que à época testemunhou as intervenções do grupo de teatro Vivencial. Na ficção, o nome foi trocado para Chão de Estrelas, trupe anarquista liderada por Clécio (Irandhir Santos, de “O Som ao Redor“).

Intervenções do Chão de Estrelas são mostradas ao mesmo tempo em que a narrativa busca desvendar um pouco da vida particular de Clécio, que antes de assumir sua homossexualidade tinha uma história sem ambições artísticas com uma mulher –  um menino foi concebido neste relacionamento. Com um relacionamento aberto com Paulete (o estreante Rodrigo García, impagável), Clécio flerta com Fininho (Jesuita Barbosa, que estará em “Trash”, de Stephen Daldry), jovem soldado de 18 anos.

A independência com que os artistas do Chão de Estrelas vive em tempos de chumbo permite que “Tatuagem” se imponha como uma história sobre a busca em viver sem amarras. Não são ousadas somente a troca de carícias entre Irandhir Santos e Jesuita Barbosa, como também os números para lá de pitorescos do Chão de Estrelas. Ao se entregar de corpo e alma à proposta de Hilton Lacerda, o elenco faz com que “Tatuagem” se transforme em um grito de liberdade subversivo contra um indesejável controle estabelecido.

Tatuagem, 2013 | Dirigido por Hilton Lacerda | Roteiro de Hilton Lacerda | Elenco: Irandhir Santos, Jesuita Barbosa, Rodrigo García, Ariclenes Barroso, Johnny Hooker, Nash Laila, Sylvia Prado e Sílvio Restiffe | Distribuidora: Imovision | Mostra Brasil

One Comment

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d blogueiros gostam disto: