Skip to content

A Viagem

A Viagem | Cloud Atlas

O romance do britânico David Mitchell prometia ganhar pelas mãos dos diretores Andy e Lana Wachowski e Tom Tykwer um filme quase tão revolucionário quanto os dois sucessos que outrora assinaram separadamente. Tratam-se de “Matrix”, dos Wachowski, e “Corra, Lola, Corra”, de Tykwer. Se o longa-metragem protagonizado por Keanu Reeves mudou o modo de como fazer ficção-científica, a aventura frenética liderada por Franka Potente ganhou projeção mundial com sua montagem imaginativa.

Em “A Viagem”, o trio se reúne para driblar os desafios de conduzir vários fios narrativos (seis ao todo) que cobrem de uma viagem de um advogado à Polinésia durante o século XIX até um cenário futurístico tomado por um governo totalitário. O revezamento em lidar com um roteiro tão desafiador não se dá apenas entre os cineastas. Capitaneado pelos astros oscarizados Tom Hanks e Halle Berry, o elenco conta com outros intérpretes que também se desdobram em mais de um papel. Portanto, ao longo de “A Viagem” haverá a curiosidade em visualizar tanto Berry como uma caucasiana quanto o australiano Hugo Weaving vivendo uma enfermeira rabugenta.

O artifício em transformar cada intérprete em indivíduos tão distintos foi possível com o trabalho de maquiagem de Daniel Parker e Jeremy Woodhead, líderes de uma equipe assombrosamente gigante. O orçamento, pomposo para uma produção que se desenvolveu e se promoveu de modo independente, também se vê presente em outros aspectos técnicos, como os deslumbrantes efeitos visuais e os takes na Alemanha, Hong Kong e Singapura.

Tanto empenho em produzir uma obra que busca decifrar os mistérios que nos mantêm conectados contém uma embalagem atrativa e que entretém sem provocar grandes aborrecimentos diante de uma duração extensa. O problema está na resposta dada para um elo que se sustenta há cinco séculos. O amor talvez seja o sentimento primitivo mais positivo para a formação da humanidade e em “A Viagem” ele não ganha a ressonância aguardada para superar as expectativas de um projeto que nasceu tão ambicioso.

Cloud Atlas, 2012 | Dirigido por Andy Wachowski, Lana Wachowski e Tom Tykwer | Roteiro de Andy Wachowski, Lana Wachowski e Tom Tykwer, baseado no romance “Cloud Atlas”, de David Mitchell | Elenco: Tom Hanks, Halle Berry, Jim Broadbent, Hugo Weaving, Jim Sturgess, Doona Bae, Ben Whishaw, Keith David, James D’Arcy, Xun Zhou, David Gyasi, Susan Sarandon, Hugh Grant, Robert Fyfe, Martin Wuttke, Robin Morrissey, Brody Nicholas Lee, Ian van Temperley e Amanda Walker | Distribuidora: Imagem Filmes

5 Comments

  1. “A Viagem” é um primor do ponto de vista técnico, com uma das melhores trilhas sonoras do ano. De toda maneira, me parece um filme que precisa ser visto algumas vezes para que possamos compreender as diversas nuances da história.

    • Kamila, também senti uma necessidade de revê-lo, mesmo que na primeira visita já seja possível decifrar o que liga todas aquelas histórias.

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d blogueiros gostam disto: