Melhores de 2013: Filme

A Hora Mais Escura | Zero Dark Thirty

A HORA MAIS ESCURA
(produzido por Kathryn Bigelow, Mark Boal e Megan Ellison)

.

“Encabeçado pela atuação espetacular da bela Jessica Chastain, A Hora Mais Escura é um suspense atordoante e minimalista que vai além de mapear os ocorridos que levaram à execução de Bin Laden; o filme é finalizado com a satisfação de dever cumprido, mas prevalece uma estranha sensação de vazio suficiente para deixar a nação desorientada. Isso porque, na verdade, sequer tem um caminho definido para seguir adiante.” – Elton Telles [Pós-Première]

.

“Embora o rótulo de “cinema jornalístico” autoaplicado pelos realizadores transmita demasiada pretensão, a execução de Zero Dark Thirty chega próximo de fazer-lhe jus: o preço pago pela obtenção de um resultado homicida está estampado na fisionomia do elenco, em cadáveres brutalizados, sublinhado pelo impacto seco de atentados súbitos e operações arriscadas, pela precisão inclemente das lentes e dos cortes de Bigelow, pelo acompanhamento musical contido de Alexandre Desplat.” – Gustavo Herculiano Razera [Cine Cápsulas]

.

“No decorrer de “A Hora Mais Escura” é muito importante observar o tom documental e anticlimático adotado pelo roteiro de Mark Boal e pela direção de Kathryn Bigelow. Eles sabiam a importância do material que tinham na mão. Este filme tem potencial de se tornar um documento fundamental sobre um dos momentos recentes mais importantes da história dos Estados Unidos.” – Kamila Azevedo [Cinéfila por Natureza]

.

“Após vencer o Oscar por Guerra ao Terror, Kathryn Bigelow agora retrata a caçada a Osama Bin Laden de forma seca, realista e sem concessões e patriotadas. Fora isto, a diretora ainda encontrou em Jessica Chastain a âncora definitiva para narrar o epílogo de uma guerra sem fim.” – Márcio Sallem [Em Cartaz]

.

Outros indicados:As Sessões” | “Álbum de Família” | “Antes de Meia-Noite” | “Branca de Neve” | “Gravidade” | “Invocação do Mal” | “Killer Joe – Matador de Aluguel” | “Martha Marcy May Marlene” | “Segredos de Sangue

Em 2012: O Artista
Em 2011:
Incêndios
Em 2010:Os Homens Que Não Amavam As Mulheres
Em 2009:A Partida
Em 2008: “O Nevoeiro”
Em 2007:Possuídos

Sobre Alex Gonçalves
Editor do Cine Resenhas desde 2007, Alex Gonçalves é estudante de Jornalismo e viciado em música, fotografia, leitura e escrita. Mais informações na página "Sobre".

1 Comentário em Melhores de 2013: Filme

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: