Skip to content

Jersey Boys: Em Busca da Música (2014)

Jersey Boys: Em Busca da Música | Jersey Boys

Jersey Boys, de Clint Eastwood

Dono de uma vitalidade que lhe permite produzir um filme por ano, Clint Eastwood errou ao aguardar pela cantriz Beyoncé para dirigir uma nova versão de “Nasce Uma Estrela”, cuja história já foi contada quatro vezes no cinema – considerar também “Hollywood”, de 1932. Após dois anos de espera somente para ouvir um não, Clint engavetou o projeto, mas não desistiu da ideia de transformar o seu próximo filme em um musical. E assim temos “Jersey Boys: Em Busca da Música”.

Com ritmo empolgante e às vezes jovial, é até difícil associar a direção ao veterano de 84 anos. O deslocamento é temporário, pois não demora para “Jersey Boys: Em Busca da Música” lidar com temas reconhecíveis em outros títulos da filmografia do cineasta. O principal deles é a obstinação do quarteto central formado por Frankie Valli (John Lloyd Young), Tommy DeVito (Vincent Piazza, o melhor do elenco e a cara de um jovem Dermot Mulroney), Bob Gaudio (Erich Bergen) e Nick Massi (Michael Lomenda) em conseguir trilhar o caminho mais favorável para alguém nascido e crescido em New Jersey. Caso não alcancem a fama com o talento que há para a música, restará ingressar a máfia ou o exército, duas opções capazes de reduzir qualquer existência.

Voz principal do “The Four Seasons”, Clint Eastwood transforma Frankie Valli no protagonista de “Jersey Boys: Em Busca da Música”, embora os seus colegas sejam os responsáveis por quebrar a quarta parede ao interagir diretamente com o público. Dono de sucessos como “Sherry” e “Walk Like A Man”, o grupo musical não apresentava fora do palco a mesma harmonia de suas composições alegres. Culpa de Tommy DeVito, que provou ser um péssimo líder ao acumular dívidas e ao interromper o progresso do “The Four Seasons” sempre que acreditava que o seu tapete estava sendo puxado por Valli e Gaudio, que ensaiavam a possibilidade de abandonar o grupo.

Escrito por Marshall Brickman e Rick Elice, dupla responsável pelo livro que serviu de base para a criação do roteiro, “Jersey Boys: Em Busca da Música” compreende com fascínio a ascensão de quatro indivíduos que encontraram na música o meio principal para se popularizarem. Já a queda é longa, provocando um incômodo que só é parcialmente compensado com a preservação do humor. Se já não fosse suficiente representar a decadência do grupo, há ainda um tempo precioso dedicado aos conflitos familiares de Frankie Valli, tão artificiais quanto o envelhecimento que os atores são submetidos nos momentos derradeiros: após “J. Edgar“, Clint Eastwood volta a provar que não é bom para selecionar sua equipe de maquiadores.

One Comment

  1. O musical “Jersey Boys” é muito aclamado na Broadway e fiquei curiosa em relação a essa adaptação, especialmente depois de ler a sua crítica. Uma pena que a estreia tenha tido tão pouca repercussão no Brasil.

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d blogueiros gostam disto: