Skip to content

Prêmio Review | Melhores de 2014: Som

O romance “Sob a Pele”, do escritor Michel Faber, é uma ficção científica com estranhamentos fora do comum. A sua adaptação homônima para o cinema é ainda mais desconcertante. No terceiro longa-metragem de Jonathan Glazer, Scarlett Johansson vive uma alienígena que encontra dificuldades para se adaptar a realidade de nosso planeta. Como o esperado, é uma personagem que raramente dialoga, usando a forma humana em que está presa o mecanismo para atrair uma série de anônimos. Temos assim uma obra que preserva a essência do que é dito como sensorial e o designer de som Johnnie Burn e o editor de som Steve Browell são exemplares no processo de buscar um trabalho sonoro que auxilie a desorientação de estar em ambientes que não lhe pertencem.

Vencedor: Sob a Pele” (Johnnie Burn e Steve Browell)

Outros indicados: “Godzilla” | “O Grande Hotel Budapeste” | “O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos” | “Planeta dos Macacos: O Confronto

Em 2013: Gravidade
Em 2012:
Prometheus
Em 2011:
Sucker Punch – Mundo Surreal
Em 2010:
Guerra ao Terror
Em 2009: Avatar
Em 2008: “[REC]
Em 2007: Possuídos

Be First to Comment

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d blogueiros gostam disto: