Skip to content

Resenha Crítica | Lily Lane (2016)

Liliom ösvény, de Benedek Fliegauf

.:: INDIE 2016 Festival Cinema ::.

Nascido na Hungria, o cineasta e roteirista de 42 anos Benedek Fliegauf tem a maternidade como um dos temas centrais em sua obra. Com um início de carreira movido a longas formados a partir de segmentos experimentais, Fliegauf havia trazido com “Ventre” as complicações de uma mulher (interpretada por Eva Green) ao exercer o papel materno.

Seis anos depois, o realizador revisita o tema em “Lily Lane”, exibido em fevereiro deste ano no Festival de Berlim. Mãe do pequeno Dani (Bálint Sótonyi), Rebeka (Angéla Stefanovics) tenta evitar a todo custo qualquer contato com o marido. A razão seria a discussão sobre o divórcio, cujos papéis ela se recusa a assinar por afirmar que a união legal foi uma condição que eles respeitariam para sempre a partir do nascimento de Dani.

O sentimento de estranheza se impõe quando notamos que Rebeka parece perdida em seus devaneios sombrios, geralmente manifestados nas fantasias que narra para o seu filho. Identifica-se também que é essa relação pouco saudável com Dani a única coisa para a qual ela vive em função. Trata-se de uma mulher aparentemente sem ocupação, sem apego pela sua casa, que não conta com a companhia de outras pessoas e com bons momentos pertencentes somente ao seu passado.

Poderia ser um estudo fascinante da psicologia instável de uma personagem, mas Fliegauf se contenta com uma sugestão insatisfatória da falência da estrutura de uma família para justificar as atitudes por vezes detestáveis de Rebeka, alguém ausente de qualquer traço de humanidade para que tenhamos alguma empatia pelo seu deslocamento. Mas o pior vem a ser a farsa da atmosfera obscura de “Lily Lane”, tentando encontrar na falta de informações, no tom fantástico da história de ninar narrada e na música (também assinada por Fliegauf) que a embala um mistério que não leva a lugar algum e que nos faz questionar o tempo que perdemos para acompanhá-lo.

Be First to Comment

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d blogueiros gostam disto: