Melhores de 2016: Animação

.

Antes de aceitar o desafio em dirigir “Kubo e as Cordas Mágicas”, Travis Knight já tinha uma vasta experiência como animador, sendo o principal responsável por dar movimento para as criações de “Coraline e o Mundo Secreto“, “ParaNorman” e “Os Boxtrolls”. Essa bagagem só vem a somar para “Kubo e as Cordas Mágicas”, pois Knight e a sua equipe são muito imaginativos na arquitetura de personagens, ambientes e até mesmo dos climas tempestuosos que os rondam. Mas é o texto da dupla Chris Butler e Marc Haimes que realmente faz “Kubo e as Cordas Mágicas” sair da mesmice, indo até o fim diante de temas como família, sacrifício e misticismo nipônico a partir de vieses um tanto rígidos, mas recompensadores.

.

OUTROS DESTAQUES:
Anomalisa • Sing: Quem Canta Seus Males Espanta • Snoopy e Charlie Brown: Peanuts, O Filme • Zootopia

.

Em 2015: Shaun, O Carneiro – O Filme
Em 2014: 
Frozen: Uma Aventura Congelante
Em 2013: 
Universidade Monstros
Em 2012:
O Mundo dos Pequeninos
Em 2011: Rango
Em 2010: Como Treinar o Seu Dragão
Em 2009: Up – Altas Aventuras

Sobre Alex Gonçalves
Editor do Cine Resenhas desde 2007, Alex Gonçalves é estudante de Jornalismo e viciado em música, fotografia, leitura e escrita. Mais informações na página "Sobre".

Be the first to comment

Comente

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: