Resenha Crítica | Gatos (2016)

Kedi, de Ceyda Torun

Os admiradores de gatos devem ficar com um largo sorriso durante cada segundo diante do documentário de Ceyda Torum. Também pudera. Muito mais do que fofos, essas criaturas de quatro patas têm personalidades tão particulares que só ampliam o interesse por observá-las.

Porém, muito mais do que equiparar a câmera para compreender o universo desses animais, Torum encontra um meio de enaltecer a figura humana. Afinal, se não fosse a nossa generosidade, virtude tão subestimada pela descrença que temos por nós mesmos, é bem provável que os gatinhos que acompanhamos aqui não estivessem vivos para compartilhar as suas andanças pelas ruas de Istambul.

Há comentário na íntegra feito com exclusividade no canal do Cine Resenhas no YouTube e até aproveitei para apresentar aos seguidores a Amélie Huppert, gata que está na família desde janeiro deste ano. Como vocês verão, não foi fácil gravar com ela.

.

 

Data:
Filme:
Gatos
Avaliação:
31star1star1stargraygray
Sobre Alex Gonçalves
Editor do Cine Resenhas desde 2007, Alex Gonçalves é estudante de Jornalismo e viciado em música, fotografia, leitura e escrita. Mais informações na página "Sobre".

Be the first to comment

Comente

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: