Resenha Crítica | Aos Teus Olhos (2017)

 Aos Teus Olhos, de Carolina Jabor

.:: 41ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo ::.

As ferramentas tecnológicas facilitaram a propagação de denúncias, logo permitindo a ação de justiceiros virtuais que assassinam reputações muito antes do curso natural de uma investigação que estudará todo o contexto de um episódio específico. Muito do que se sucede em “Aos Teus Olhos” parece uma modernização do velho Caso Escola Base, agora com uma mobilização coletiva contra um professor de natação acusado de abusar de um aluno.

Caroline Jabor assume a inspiração do espanhol “El virus de la por”, de 2015, mas ela poderia vir de inúmeros casos reais. O percurso é o esperado: uma criança, Alex (Luiz Felipe Melo), claramente afetada pela separação dos pais, relata uma postura de aparente consolo de Rubens (Daniel de Oliveira) – consequentemente, a sua mãe (Stella Rabelo) associa a causa da depressão do menino com o que interpreta ser um abuso e o seu pai (Marco Ricca), um sujeito nem sempre racional, explode.

Guardadas às devidas proporções, “Aos Teus Olhos” remete ao dinamarquês “A Caça” dentro do painel de equívocos cometidos por adultos em situações delicadas como a narrada. A abordagem com a criança é totalmente inadequada (com ela geralmente induzida a confirmar o discurso daquele que acusa), os diretamente envolvidos pouco sabem o que fazer com as suas dúvidas e o alvo da denúncia, convicto de sua inocência, se silencia ao invés de deixar tudo às claras para a sua defesa.

O fato de também pintar Rubens como um homem imperfeito também contribui não somente para ampliar a dúvida que temos quanto a sua inocência, mas também de que os seus desvios de conduta somam muito para o caracterizarem como culpado, como algumas posturas machistas e a conexão que se permite com alunas pré-adolescentes.

Poderia ser um mero estudo de caso de 90 minutos, mas Jabor, que debutou com o pé direito na direção de “Boa Sorte”, compreende a importância de empreender uma aproximação com esses personagens para que eles tenham uma vida além desse contexto em que o acompanhamos. É excelente a relação em que estabelece entre a sua câmera com Daniel de Oliveira, externando dentro de closes sufocantes o sentimento de enclausuramento.

Data:
Filme:
Aos Teus Olhos
Avaliação:
31star1star1stargraygray
Sobre Alex Gonçalves
Editor do Cine Resenhas desde 2007, Alex Gonçalves é estudante de Jornalismo e viciado em música, fotografia, leitura e escrita. Mais informações na página "Sobre".

Be the first to comment

Comente

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: