Skip to content

Resenha Crítica | Os Falsários (2007)

Os FalsáriosEis que “Os Falsários” adquire maior popularidade por ser um dos mais recentes filmes sobre a Segunda Guerra Mundial ao ganhar destaque dentro do Oscar, ao qual saiu em 2008 com a estatueta de melhor filme estrangeiro. Aqueles que estão saturados tamanho os exemplares envolto a este cenário não precisam entrar em alarde, vale informar, pois o diretor Stefan Ruzowitzky (de, pasmem, “Anatomia”) conta com uma história real repleta de personalidade diante dos similares.

A frase simples e talvez pouco criativa que estampou o poster brasileiro deste filme rodado da Áustria e Alemanha, “Nesta História Real, Apenas o Dinheiro é Falso”, ao menos serve para nos antecipar do que se trata o relato. O excelente Karl Markovics interpreta Salomon, judeu que foge dos horrores do campo de concentração quando o seu talento artístico é descoberto pelos nazistas. Realizando pinturas em faixadas e retratos de famílias alemães, logo é convocado para falsificar dinheiro e multiplicá-lo para o que se desvenda ser a fonte para a compra de armamentos.

Com metragem enxuta, “Os Falsários” não perde tempo em elaborar sequências manipulativas de praxe. Assim, desenvolve uma interessante questão que passará a assolar a consciência de seus personagens até o final, pois assim como Salomon, muitos questionam se vale a pena permanecer vivo em um ambiente razoavelmente confortável pela morte dos judeus que gostariam de defender. Uma situação (real) que certamente fará com que o espectador reflita de imediato.

Título Original: Die Fälscher
Ano de Produção: 2007
Direção: Stefan Ruzowitzky
Elenco: Karl Markovics, August Diehl, Devid Striesow, Martin Brambach, August Zirner, Veit Stübner, Sebastian Urzendowsky, Andreas Schmidt, Tilo Prückner, Lenn Kudrjawizki e Norman Stoffregen.
Cotação: 4 Stars

6 Comments

  1. Esse filme meio que passou despercebido pelos cinemas (ao menos por aqui) e até agora não o encontrei. Pelo jeito é uma produção que mereceu o Oscar de filme estrangeiro.

  2. Hum, interessante… Ainda não vi, mas ter faturado o Oscar me dispertou bastante interesse. Vejo poucos filmes estrangeiros e terei de corrigir isso em breve.

  3. Como o Vinícius disse, aqui em Recife passou em branco nos cinemas e não chegou ainda nas locadoras, mas a sua não é a primeira ótima crítica que escuto do filme.

  4. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    – Vinícius, imaginava que você tinha visto o filme. É um dos melhores filmes lançados no Brasil em 2009.

    – Fael, andei corrigindo este erro no decorrer do ano passado, ao qual tive acesso a vários filmes estrangeiros.

    – Luis, o filme já está disponível em DVD e se que foram poucas as locadoras espalhadas em nosso país que adquiriram uma cópia para a prateleira.

  5. O que me conquistou em “Os Falsários” é é um pouco da intensidade em mostrar um pouco mais sobre o assunto e como uma nação dependia muito da falsificação. Òtimo filme.

    Beijos! ;)

  6. Alex Gonçalves Alex Gonçalves

    – Mayara, exatamente. Dentro de tantos exemplares com a mesma temática, “Os Falsários” é um drama bem refrescante para os cinéfilos. Beijos.

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers:

%d blogueiros gostam disto: